Pular para o conteúdo principal

Foliões com as mãos para cima desfilam na Avenida Afonso Pena à noite.
Foto: Divulgação/PBH

PBH realiza operação especial para desfile na quarta, dia 7

06/02/2018 | 10:31 | atualizado em 15/02/2018 | 15:01
Para reduzir os impactos no funcionamento da cidade, em especial a preservação das vias de acesso à região hospitalar, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur e da BHTrans, acordou com os organizadores de alguns blocos carnavalescos ajustes em trajetos e horários. 

O Bloco Chama o Síndico, famoso por sair na semana de véspera do Carnaval, vai alterar o horário e o trajeto. Nesta quarta-feira, dia 7, a concentração vai acontecer na avenida Afonso Pena próximo ao Parque Municipal e o bloco vai se deslocar até a Praça Sete. Além disso, o horário do desfile será um pouco mais tarde, às 20h, para que a maior movimentação aconteça após o horário mais crítico de deslocamento da população.

Ações de comunicação como faixas nas ruas, mensagens nas mídias sociais e informações à imprensa também estão em curso para que o maior número de pessoas esteja ciente sobre as atividades do bloco e sobre as mudanças de circulação na região na noite desta quarta-feira.

A operação é coordenada pela BHTrans e pela Belotur, com apoio dos órgãos de segurança, SLU e Defesa Civil.
 


Superar abre desfile do bloco 

Doze alunos das aulas de dança e percussão do programa Superar, desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL), vão participar da abertura do desfile carnavalesco do bloco Chama o Sindico.

Os preparativos dos alunos tiveram início em dezembro, com a participação dos diretores do bloco nas aulas de dança e percussão, que eram realizadas duas vezes por semana, no Centro de Referência Esportiva da Pessoa com Deficiência, localizado na avenida Nossa Senhora de Fátima, 2.228, no bairro Carlos Prates, região Noroeste da capital.