Pular para o conteúdo principal

Grande grupo de pessoas pratica atividades físicas em rua da Savassi
Foto: Karen Moreira/PBH

PBH promove ações para lembrar o Dia Mundial da Saúde

09/04/2018 | 19:50 | atualizado em 13/06/2018 | 16:31

Para mobilizar as pessoas em relação à importância de hábitos de vida saudáveis é celebrado, no dia 7 de abril, o Dia Mundial da Saúde. Em Belo Horizonte, a data foi lembrada no domingo, dia 8, com ações educativas realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde na região da Savassi.
 

No local, uma equipe multiprofissional atendeu a população com orientações sobre alimentação saudável, prática de atividades físicas, tabagismo, tuberculose e infecções sexualmente transmissíveis. Além disso, foi realizado um flashmob com integrantes da Academia da Cidade e uma aula de Lian Gong.
 

As ações foram realizadas em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes, que promoveu o BH é da Gente – Savassi e com a Associação de Parkinsonianos de Minas Gerais (Asparmig), que promoveu a Run for Parkinson’s Brasil (R4P), com o apoio da PBH.

 

Ações de Promoção à Saúde

A Rede SUS-BH trabalha com diversas ações de promoção à saúde dentro do objetivo de melhorar a qualidade de vida da população, como os grupos operativos que atuam nos centros de saúde. Neles os pacientes são orientados em relação ao diabetes, à hipertensão, ao pré-natal, à prevenção de quedas, ao tabagismo e à alimentação saudável, entre outros.
 

A Prefeitura também realiza durante todo o ano campanhas educativas sobre prevenção de doenças, como os dias de combate à Hanseníase, Tuberculose e HIV/Aids. As intervenções educativas são feitas com o objetivo de alcançar o maior número de pessoas possível.

 

Lian Gong

Dentro da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS), estabelecida pela portaria 687/2006 do Ministério da Saúde, e da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), definida pela portaria 971/2006 do Ministério da Saúde, a Rede SUS oferece à população o Lian Gong em 18 Terapias. O programa faz parte das ações de prevenção de doenças e de promoção da saúde e atende, em sua maioria, a população idosa.
 

Atualmente, a prática é oferecida em 127 espaços para mais de dez mil usuários. Desenvolvida especialmente para prevenir e tratar dores crônicas no corpo, a prática corporal é fundamentada na Medicina Tradicional Chinesa e tem atuação importante na melhoria do funcionamento dos órgãos internos, trabalha a mente e as emoções e busca o prolongamento da vida com qualidade.
 

Além disso, a população também conta com as Academias da Cidade. Esses espaços proporcionam uma oportunidade de praticar exercícios físicos de forma regular, o que é de grande importância para o controle da doença e seus agravantes. Atualmente são 77 Academias da Cidade, distribuídas em todas as regionais da capital.