Pular para o conteúdo principal

Lançamento edital Fundo Municipal de Cultura. BH nas Telas: Programa de Desenvolvimento do Audiovisual. Destinado para pessoa física.
Arte: PBH

PBH lança 1º edital do BH nas Telas, programa de incentivo ao audiovisual

10/06/2019 | 20:27 | atualizado em 25/06/2019 | 11:02

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, abriu inscrições para os interessados em participar do BH nas Telas (Programa de Desenvolvimento do Audiovisual de Belo Horizonte). O primeiro dos três editais do programa, o BH nas Telas – Fundo Municipal de Cultura, foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do último sábado, dia 8, e vai destinar R$ 1,2 milhão para projetos em quatro categorias: produção de curtas e médias-metragens, realização de mostras/festivais, pesquisa e audiovisual comunitário. As inscrições vão até 8 de julho e as informações podem ser encontradas neste link.  

 

O objetivo é selecionar projetos que favoreçam, por meio de sua produção, a difusão de conteúdos nas mais diversas regiões, estimulando o desenvolvimento cultural de maneira igualitária e descentralizada. Esse primeiro edital do BH nas Telas modalidade Fundo será destinado ao empreendedor pessoa física. Em breve, serão publicados outros dois editais específicos para pessoas jurídicas com fins lucrativos com o coinvestimento da Ancine.

 

De acordo com o secretário municipal de Cultura, Juca Ferreira, para construir a política do programa BH nas Telas foram realizadas 11 reuniões com representantes do setor audiovisual mineiro. “De maneira inédita também tivemos a “reunião aberta”, realizada no MIS Cine Santa Tereza, para discutir as propostas de todos os coinvestimentos presentes no programa. É a primeira grande política do audiovisual realizada pela Secretaria Municipal de Cultura, o que reforça o compromisso da gestão do governo municipal com as políticas públicas culturais e que incentivam cada vez mais a produção original e o acesso a ela”, salientou.

 

O secretário ressaltou ainda importância do setor. “Hoje, a produção do audiovisual representa uma parcela expressiva da economia nacional, de acordo com estudos da Ancine. O valor desse mercado é bem expressivo, um número maior do que de grandes indústrias tradicionais como a farmacêutica e a têxtil, além de gerar um grande número de empregos formais”, assinalou.

 

Por meio do BH nas Telas, como apontou o secretário municipal adjunto de Cultura, Gabriel Portela, está sendo inaugurada uma política ampla de fomento e investimento no audiovisual de Belo Horizonte, que contempla vários elos da cadeia produtiva. “Destacamos as linhas de pesquisa, curtas-metragens e audiovisual comunitário, que promovem a descentralização dos recursos. A importância desse edital do Fundo é incentivar projetos que não tenham compromissos com fins mercadológicos e econômicos. Nos demais editais com coinvestimento da Ancine a ideia é apoiar projetos que tenham perspectiva de retorno de investimento”, ressaltou.

 

 

Sobre o BH nas Telas

Criado em 2018, o BH nas Telas é um programa da Prefeitura voltado para o setor do audiovisual. O programa se divide em cinco eixos: política de preservação, política de difusão, política de formação e capacitação, programa de fomento e investimento e a BH Film Comission.

 

Dentro desses eixos, destacam-se três projetos prioritários dentro da política de formação e capacitação. Um deles é a implantação do Núcleo de Produção Digital (NPD-BH), equipamento público de cultura e educação que visa formar e aprimorar profissional e artisticamente novos realizadores do audiovisual em diversas funções, além de apoiar a produção audiovisual independente por meio do fornecimento de equipamentos via edital de empréstimo.

 

O outro projeto é a BH Film Comission, setor da Prefeitura responsável por autorizar, regular e atrair produções audiovisuais para o Município, facilitando as filmagens na cidade, e o terceiro é lançamento dos três editais construídos por meio de Coinvestimento com Ancine, em um total de R$ 6,41 milhões.

 

 

Caravana da Cultura

Iniciativa realizada desde o Edital 2017/2018 da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, a Caravana da Cultura também será realizada, para esse edital do BH nas Telas modalidade Fundo e para o edital Lei Municipal de Incentivo à Cultura modalidade Fundo, do dia 10 a 18 de junho, nos centros culturais da cidade, de 19h às 21h30. O objetivo é percorrer as regionais e instruir os interessados sobre os processos de inscrições, critérios de avaliação, além de tirar as dúvidas dos empreendedores. Essa proposta visa potencializar a desconcentração dos recursos e a descentralização das atividades culturais na cidade.

 

Os frutos das Caravanas já puderam ser observados quando, pela primeira vez, em 2018, todos os 40 territórios de gestão compartilhada que compõem o município apresentaram propostas e todas as regionais receberam um mínimo de 4% dos recursos.

 

“Isso é da maior importância para a eficiência da política pública. A Caravana tem trazido avanços significativos para os nossos editais. Na última edição do Descentra, 76% dos empreendedores nunca haviam aprovado projetos, por exemplo, e grande parte deles participou dos treinamentos”, relata o diretor de Fomento e Economia da Cultura da Secretaria Municipal de Cultura, Leonardo Beltrão.

 

 

Cronograma do Caravana da Cultura sobre o edital BH nas Telas –  Modalidade Fundo e edital da LMIC – Modalidade Fundo

 

LOCAL

DATA

ENDEREÇO

HORÁRIO

Centro Cultural Alto Vera Cruz (CCAVC)

10/jun

Rua. Padre Júlio Maria, 1577 - bairro Alto Vera Cruz 
Tel: (31) 3277-5612 e 3277-5618

Das 19h às 21h30

Centro Cultural São Geraldo (CCSG)

11/jun

Avenida Silva Alvarenga, 548, São Geraldo
Tel: (31) 3277-5648 

Das 19h às 21h30

Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira (CCLAO)

11/jun

Avenida Antônio Carlos, 821 – dentro do Mercado da Lagoinha
Tel: (31) 3277-6091 ou 3277-6077

Das 19h às 21h30

Centro Cultural Padre Eustáquio (CCPE)

12/jun

Rua Jacutinga (antiga Feira Coberta), 821, Padre Eustáquio 
Tel: (31) 3277-8394 ou 3277-7269

Das 19h às 21h30

Centro Cultural Salgado Filho (CCSF)

13/jun

Rua Nova Ponte, 22, Salgado Filho
Tel: (31) 3277-9625

Das 19h às 21h30

Centro Cultural Urucuia (CCU)

17/jun

Rua W3, 500 - bairro Pongelupe 
Tel: (31) 3277-1531 e 3277-1549

Das 19h às 21h30

Centro Cultural Zilah Spósito (CCZS)

18/jun

Rua Carnaúba, 286 - bairro Jaqueline 
Tel: (31) 3277-5498 

Das 19h às 21h30

 

Últimas Notícias

Vista aérea do Parque Juscelino Kubistchek, durante o dia. Parque Juscelino Kubistchek vai receber obras para maior conforto dos visitantes
Mais conhecido como Praça JK, o parque terá sua quadra de futebol de areia, muito procurada pelas comunidades, completamente reformada. 
14/08/2019 | 21:09
Mais de trinta pessoas passeando no BH é da Gente - Savassi, durante o dia. Shows de jazz, bossa e samba são atrações do BH é da Gente de domingo, dia 18/8

BH é da Gente tem ‘boliche ecológico’, ação contra Leishmaniose e shows de jazz, bossa e samba, neste domingo, dia 18/8.

14/08/2019 | 21:02