Pular para o conteúdo principal

Pátio de escola municipal com brinquedos infantis coloridos.
Foto: Divulgação PBH

PBH investe em obras de melhoria de 258 escolas municipais

06/07/2017 | 18:47 | atualizado em 14/07/2017 | 08:30

As escolas municipais vão receber cerca de R$ 7 milhões para executar intervenções de manutenção e revitalização de espaços ainda em 2017. O decreto que autoriza o início das obras foi publicado no Diário Oficial do Município do dia 24 de junho de 2017. Na publicação, consta a autorização de início de obras para 258 unidades escolares.
 

A secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, afirmou que o decreto consolida as mudanças propostas pela atual gestão da Prefeitura. “Desde a transição de governos, essa foi uma preocupação compartilhada com o secretário Josué Valadão, da Secretaria Municipal de Obras. Nossa rede é formada por escolas antigas, o que reforça o olhar atento para a constante manutenção dos prédios e espaços escolares. Acredito que este olhar tem que ser estimulado na própria comunidade escolar, daí a ideia de, contando com a Secretaria Municipal de Obras, motivar as próprias escolas neste processo de autoconservação”, avalia Dalben.
 

No início do ano, os diretores das escolas avaliaram, com auxílio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), todas as demandas de manutenção necessárias nos prédios escolares. Foram levantados 154 itens que demandavam atenção e, desses, 38 foram elencados como prioritários e, portanto, deveriam ser contemplados ainda neste ano. Entre as demandas elencadas como prioritárias estão, por exemplo: pintura, reforma de banheiros e trocas de piso.
 

Diante do diagnóstico apresentado pelas escolas, os próprios diretores fizeram pesquisas de mercado para atender àqueles itens de manutenção. A pesquisa de mercado foi submetida à aprovação da Smed e, com a publicação do decreto, as escolas vão receber os valores para dar início às obras. Com a certeza desse repasse, várias escolas já iniciaram as obras. Algumas começaram as manutenções no primeiro dia útil após a publicação do decreto, dia 26 de junho. A perspectiva é de que, até o fim do ano, todas as escolas tenham concluído as obras de manutenção apontada no diagnóstico.

 

Reinício de obras da Umei Jardim Montanhês

Paralelo ao trabalho de manutenção nas escolas, a Prefeitura de Belo Horizonte também anunciou, no fim do mês de junho, o reinício das obras complementares da Unidade Municipal de Educação Infantil Jardim Montanhês, localizada na região Noroeste da capital. A ordem de serviço foi assinada pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), em 23 de junho. Serão investidos R$ 575.619 mil neste empreendimento.
 

Paralisada desde 2014, a obra da Umei Jardim Montanhês é um anseio da comunidade local. Com a retomada das obras, a previsão de conclusão é para o final do segundo semestre de 2017.