Pular para o conteúdo principal

Imagem da obra para controle de cheias na Avenida Vilarinho
Foto: Divulgação PBH

PBH inicia a segunda etapa de obras para controle de cheias na Avenida Vilarinho

03/08/2020 | 16:07 | atualizado em 06/08/2020 | 14:41

A segunda etapa de obras de prevenção de inundações na Avenida Vilarinho e Rua Doutor Álvaro Camargos, na região de Venda Nova, já começou. Nesta etapa será implantada a estrutura hidráulica de captação dos escoamentos superficiais (caixa de captação) no emboque do Ribeirão Isidoro, localizada na Avenida Vilarinho com rua Doutor Álvaro Camargos e Maçom Ribeiro. A obra será supervisionada pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), com previsão de término para o final de 2021. Estão sendo investidos aproximadamente R$ 10,5 milhões neste empreendimento.

Essa estrutura de captação em forma de caixa – com área aproximada de 2.500 m² e volume da ordem de 10 mil m³ (10 milhões de litros) –, vai  receber o volume excedente de escoamento superficial proveniente da insuficiência das redes de drenagem do entorno. A caixa vai drenar o excesso de águas sobre as vias durante os eventos chuvosos mais recorrentes, reduzindo o risco de elevação da lâmina d’água na região e o tempo de permanência da água sobre a pista.

O superintendente da Sudecap, Henrique Castilho, explica que esta fase é de suma importância para desafogar o sistema de microdrenagem em caso de chuvas leves. O local para a implantação da caixa de captação é um ponto extremamente estratégico.

“Essa caixa de captação funcionará com uma espécie de ralo, e vai drenar essa água mais rápido, fazendo com que o tempo que a água fica retida na pista seja menor. O grande ganho é que para as chuvas menores,  a gente vai conseguir absorver o excedente de água que vem sobre a pista por este dispositivo, e no caso de inundações de grande magnitude, a água que fica estacionada sobre a pista, durante um longo período, será drenada mais rapidamente possibilitando que a Prefeitura atue nas possíveis reparações com mais agilidade, menor impacto e menos transtornos para os moradores da região.”, afirma.

 

Primeira etapa

A primeira fase das obras de prevenção de enchentes na região de Venda Nova teve início no ano passado, com o tratamento de fundo de vale e contenção de cheias da bacia do Córrego do Nado, atuando nos córregos Marimbondo (Bairro Santa Mônica) e Lareira (Bairro São João Batista). Estão sendo feitas redes de drenagem, redes interceptoras de esgoto, obras de urbanização e construção de duas bacias.

A expectativa é de que, ao regular as vazões dos córregos Marimbondo e Lareira, melhora-se a capacidade de escoamento do córrego Vilarinho.  Nesta primeira etapa estão sendo investidos aproximadamente R$ 40 milhões, recursos repassados pelo Programa de Aceleração do Crescimento, com contrapartida do Fundo Municipal de Saneamento. A previsão de conclusão é para o final de 2021.