Pular para o conteúdo principal

Um profissional da saúde aplica vacina contra gripe em um servidor municipal.
Foto: Rodrigo Clemente

PBH inicia campanha de vacinação da gripe para servidores

14/05/2018 | 18:31 | atualizado em 13/06/2018 | 15:52

A Campanha de Vacinação da Gripe 2018 para servidores e colaboradores da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e do Legislativo municipal teve início na segunda-feira, dia 14 de maio, e vai até o dia 22 deste mês. Adotada como medida de promoção e prevenção da saúde do funcionalismo municipal desde o ano de 2013, a campanha é realizada pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (SMPOG), por meio do programa Movimenta PBH, e da Gerência de Saúde do Servidor da Subsecretaria de Gestão de Pessoas, em parceria com a Unimed BH.

Segundo a subsecretária municipal de Gestão de Pessoas, Fernanda Neves, o objetivo é imunizar principalmente aqueles servidores que trabalham em ambientes fechados com grandes grupos, propícios à propagação de vírus. “Trata-se de uma das medidas mais efetivas na prevenção de doenças e de promoção e cuidado com a saúde do servidor, além da redução de riscos e do controle de surtos”, explica Fernanda.

A campanha é destinada a servidores e empregados públicos da administração direta e indireta; da Câmara Municipal; estagiários municipais; contratados e trabalhadores que atuam nos equipamentos próprios da PBH. A adesão é voluntária e o interessado deverá verificar a data e horário da imunização na unidade ou órgão mais próximo de seu local de trabalho. O servidor deve apresentar seu crachá funcional.



Campanha Nacional de Vacinação

Já a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) vai até 1º de junho e está disponível nos 152 Centros de Saúde da capital. Para receber a vacina é necessário apresentar o cartão de vacinação e documento de identidade.  O público alvo da campanha, definido pelo Ministério da Saúde, é: população acima de 60 anos, crianças de seis meses a quatro anos de idade, gestantes, puérperas, trabalhadores da área da saúde, professores, portadores de doenças crônicas, adolescentes e jovens em medida sócio-educativa de 12 a 21 anos, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e indígenas.

 

Últimas Notícias

Feirante prepara churrasco na Feira da Afonso Pena. Ao fundo, pessoas e barracas BH vai ganhar 22 novas feiras de artesanato, plantas, comidas e bebidas

O edital prevê a oferta de 825 vagas para expositores domiciliados em BH, sendo que 5% das vagas serão destinadas às pessoas com deficiência

04/10/2018 | 12:09
Imagem gráfica com o seguinte texto "Mudança de Circulação - Bairro Santa Amélia - a partir de 4 de outubro de 2018 (quinta-feira) - Demanda da comunidade atendida" Trânsito no bairro Santa Amélia será alterado

As mudanças foram aprovadas em reunião com a comunidade e têm como objetivo melhorar as condições de parada e estacionamento

03/10/2018 | 18:23