Pular para o conteúdo principal

Imagem da fachada da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte
Foto: Divulgação PBH

PBH e Sebrae-MG oferecem consultoria sobre engajamento digital

01/03/2021 | 17:37 | atualizado em 01/03/2021 | 17:37

Parceria entre a Belotur e o Sebrae-MG prevê consultoria com relatório personalizado e gratuito para bares, restaurantes, lanchonetes, mercados, queijarias, empórios, chefs de cozinha e empreendedores caseiros de Belo Horizonte. O objetivo é melhorar a avaliação dos negócios nos meios digitais, promover mais interação dos empresários com seus clientes e, com isso, impulsionar a retomada da economia local. As inscrições para o Programa de Reputação e Engajamento Digital da Gastronomia de Belo Horizonte estarão abertas até 30 de março. Interessados devem enviar e-mail para [email protected] ou pelo whatsapp (31) 99711-0095.

“Sabemos que mais de 80% dos clientes fazem suas escolhas pelas avaliações na internet, e empresas com boa reputação digital são mais lembradas pelo consumidor. Esse programa chega em um momento crucial para a retomada da nossa economia, podendo atender até 200 estabelecimentos de alimentação de forma personalizada”, comenta Gilberto Castro, presidente da Belotur.

Para Renato Lana, analista do Sebrae-MG, "relacionar-se com os clientes, entender seus desejos, proporcionar experiências memoráveis e fortalecer os vínculos garantem melhores resultados aos negócios da gastronomia, que passam por grande transformação. Além de melhorar a visibilidade e fortalecer a marca, é possível despertar no cliente o desejo de consumir cada vez mais”.

 

Reputação digital

Reputação digital é a percepção pública de uma pessoa ou empresa na internet. Ela tem base nos conteúdos (notícias, artigos e mídias) e interações (avaliações, opiniões e comentários) publicados em redes sociais, blogs e sites especializados. Seu gerenciamento (On-line Reputation Management) visa avaliar, monitorar e promover melhorias na imagem das marcas. A metodologia resulta em um número que varia de 0 a 5 considerando as avaliações nas diferentes redes sociais. Assim, o índice mostra o quanto o estabelecimento é bem ou mal avaliado pelos usuários e consumidores nas principais plataformas digitais: Google Meu Negócio, Facebook, Instagram, Trip Advisor, IFood e Yelp.

Para participar da análise, os estabelecimentos gastronômicos devem ser sediados em Belo Horizonte e estar em funcionamento. Caso algum estabelecimento interessado não possua presença nas redes digitais, profissionais ligados ao programa ajudarão na criação de perfis para que o negócio passe a ser avaliado. Os inscritos também receberão um relatório com o diagnóstico de sua reputação digital atual e o que pode ser feito para melhorar os negócios em ambiente digital, com o objetivo de impulsionar suas vendas.