Pular para o conteúdo principal

PBH é certificada por boas práticas na gestão do regime de previdência municipal
Foto: Rodrigo Clemente

PBH é certificada por boas práticas na gestão do regime de previdência municipal

criado em 03/05/2022 - atualizado em 03/05/2022 | 18:44

Pela excelência no modelo de gestão adotado no Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores do Município de Belo Horizonte (RPPS-BH), a Prefeitura conquistou o nível II do Programa de Certificação Pró-Gestão, do Governo Federal. 

A certificação é um processo de reconhecimento das boas práticas de gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. A ideia é incentivar os regimes no aperfeiçoamento dos processos para maior controle e eficiência dos seus recursos, governança e transparência no relacionamento com os segurados e a sociedade. 

De acordo com o subsecretário de Gestão Previdenciária e da Saúde do Segurado da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Gleison Souza, o RPPS-BH atendeu com êxito a 23 dos 24 pontos avaliados no âmbito do Pro-Gestão. “Após um processo de auditoria criterioso, recebemos esse resultado com satisfação. Um retorno que demonstra o respeito e o comprometimento da gestão com os segurados. Todos os colaboradores que atuam na gestão da previdência municipal, estagiários, servidores, gerentes, foram fundamentais neste trabalho e estão de parabéns”. 

De acordo com o subsecretário, o desafio agora é seguir aprimorando continuamente os processos, gerando maior satisfação e segurança para os atuais e os futuros beneficiários. 

O País conta com 2.144 RPPS em atividade e apenas 155 estão certificados em algum nível do Programa Pró-Gestão RPPS. Desse total, apenas 69 entidades possuem a certificação nível II ou superior, segundo dados do Governo Federal, em abril/2022.