Pular para o conteúdo principal

PBH e Bombeiros capacitam voluntários para período de chuvas

07/10/2017 | 12:02 | atualizado em 16/10/2017 | 12:45

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Subsecretaria de Proteção e de Defesa Civil e da Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel), em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, realizou, neste sábado, dia 7, capacitação anual voltada para a prevenção durante o período chuvoso. 
 

Cerca de 300 voluntários, entre integrantes dos Núcleos de Defesa Civil (Nudec), Núcleos de Alerta de Chuva (NAC) e Escoteiros da União dos Escoteiros do Brasil, participaram do treinamento, que foi realizado na Academia de Bombeiros Militar, na rua Piauí, 1.815, bairro Funcionários .

capacitacao_bombeirosdefesacivil_chuvas2.jpg
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

 

A capacitação contou com treinamento de ações preventivas, incluindo oficinas de primeiros socorros, atitudes adequadas em situações que envolvem rachaduras e sinais de desabamentos, comportamentos de segurança, nós e amarrações, lançamento de cordas, regras para salvamento em enchentes, rios e desabamentos.  “Este treinamento segue uma recomendação da Organização das Nações Unidas e é muito importante, pois promove a interação de vários órgãos e grupos que trabalham com área de risco. Aqui, são ensinadas técnicas de autoproteção e proteção da comunidade. São oficinas que têm como foco enchentes e deslizamentos, possibilitando que as pessoas tenham mais tranquilidade e conheçam técnicas importantes no momento de crise”, explicou o subsecretário de Defesa Civil de Belo Horizonte, coronel Alexandre Lucas.
 

As atividades foram coordenadas pelo tenente coronel Sérgio Ferreira, que destacou a importância de ampliar esta parceria entre o Corpo de Bombeiros e a sociedade. “Aqui, passamos tudo de uma forma simples para que todos aprendam as técnicas de salvamento. É muito importante que essas pessoas que estão mais próximas das áreas de risco tenham uma capacitação para que possam fazer uma intervenção correta no momento certo. Isto, certamente, vai fazer muita diferença para o nosso trabalho”.

 

Novidade

A novidade deste ano está na capacitação também de membros da União dos Escoteiros do Brasil nas ações de autoproteção, proteção comunitária e, quando necessário, na avaliação de danos e distribuição de ajuda humanitária.
 

Para o diretor regional dos escoteiros, Marcos Magno Vieira, a formação oferecida pela Prefeitura e Corpo de Bombeiros vai ao encontro do objetivo central do trabalho desenvolvido por eles. “A partir desta iniciativa, vamos poder contribuir para que os jovens formem esta percepção de risco, nos auxiliando a cumprir uma das nossas grandes metas que é participar e ajudar a sociedade no que ela precisar no momento de crise.”

 

Prevenção

Um dos aspectos mais importantes quando o assunto é risco é a prevenção, tema destacado no encontro de capacitação. Isabel Volponi é diretora de Manutenção e Assistência Técnica de Área de Risco da Urbel e deixou claro que o trabalho preventivo é tão importante quanto a formação voltada para o momento de crise. “Aqui, temos voluntários que têm um papel muito importante no repasse de informações para o restante da comunidade, sobre a cultura do risco. Nós temos que ter esta cultura desenvolvida para todos os momentos. Trabalhamos firmes na identificação de sinais de risco e a disseminação nas comunidades é de suma importância”.

Últimas Notícias

BH em Pauta: Belo Horizonte na tela do Brasil

Belo Horizonte é a atração de edição especial de fim de ano do programa da apresentadora Angélica, da Rede Globo.

20/10/2017 | 17:13

Hospital Célio de Castro abre processo seletivo

Doze profissionais das áreas da Saúde, Comunicação e Administração serão selecionados; edital também prevê enfermeiros como reserva técnica.

19/10/2017 | 19:04