Pular para o conteúdo principal

Mão enluvada aplica vacina em ombro de cidadão;.
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

PBH disponibiliza doses de vacina contra sarampo para alunos de universidades

23/08/2019 | 21:10 | atualizado em 20/09/2019 | 10:01
Para ampliar a cobertura vacinal contra o sarampo em jovens adultos, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, fez parceria com universidades públicas e privadas da capital. Cerca de 40 mil doses da vacina estão sendo disponibilizadas para as instituições de ensino. A vacinação dos alunos será feita pelas equipes de enfermagem das universidades.

 

A união de esforços tem como objetivo tentar evitar a reintrodução e a transmissão ativa do vírus do sarampo em Belo Horizonte. “Considerando que o grupo com menores coberturas vacinas são os adultos jovens, ou seja, o público das universidades, nós queremos conhecer a situação vacinal desses estudantes. Muitos, inclusive, vêm de outras cidades para estudar aqui”, explicou a diretora de Promoção à Saúde e Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Lúcia Paixão.

 

As universidades parceiras são a Faculdade Ciências Médicas, o Claretiano Centro Universitário, o Centro Universitário Estácio de Sá, a FAEMG, o Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, a Faculdade Kennedy, o Centro Universitário Newton Paiva, a Faculdade Novo Rumo, a Faculdade Pitágoras, a PUC Minas, a UFMG, a UMA, a UNI e a Unifenas. A data da vacinação será definida pelas universidades, com data prevista de término da ação em 30/08/19. 

 

 

Reforço

Este ano, a Prefeitura de Belo Horizonte vacinou 320 profissionais de hotéis da capital que receberam seleções e turistas para a Copa América. Além dos trabalhadores do setor hoteleiro, a Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a BHTrans, imunizou cerca de 260 motoristas de táxi e de transporte suplementar contra a doença.  

 

Seguindo determinação do Ministério da Saúde, a Prefeitura vai ampliar a vacinação contra sarampo para todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias. É importante ressaltar que essa dose não é considerada válida para o esquema vacinal de rotina e a criança deve receber novamente a vacina aos 12 e 15 meses, observando o intervalo mínimo de 30 dias para revacinação. O esquema vacinal para as demais faixas etárias está mantido: duas doses para quem tem até 29 anos de idade. Para maiores de 29 anos é necessária apenas uma dose.

 

Quem ainda não foi vacinado deve procurar um Centro de Saúde para receber a imunização. A vacina contra o sarampo está disponível durante todo o ano, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. A transmissão do sarampo ocorre por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Os sintomas do sarampo são febre alta, conjuntivite, tosse e manchas vermelha no corpo.


Últimas Notícias

Novembro preto: BH sem racismo Novembro Preto marca a luta pela igualdade racial em Belo Horizonte

A programação do evento inclui debates, formações e atividades de lazer.

19/11/2019 | 18:01
Sete pacientes, deitados em colchões, fazem exercícios com a coluna, deitados, acompanhados por três instrutores, em sala, durante o dia. Parceria entre PBH e UFMG cria projeto que traz alívio a portador de dor lombar

Portadores de dor lombar crônica são capacitados para a prevenção do problema no grupo Cuidados com a Coluna.

19/11/2019 | 16:13