Pular para o conteúdo principal

PBH apresenta ações realizadas no período de desabastecimento de combustível

29/05/2018 | 19:36 | atualizado em 26/07/2018 | 11:44

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio do Grupo de Gerenciamento de Crise, apresentou, nesta terça-feira, dia 29, balanço de ações preventivas e perspectivas para os próximos dias. O grupo, criado pelo decreto 16.917 do dia 28 de maio de 2018, é coordenado pela Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção e trabalha dentro do conceito de gerenciamento situacional.
 

A situação atual de risco de desabastecimento de combustível conta com a gestão da Defesa Civil de Belo Horizonte que traçou estratégias para garantir funcionamento da cidade, tendo como prioridade a preservação dos serviços essenciais, como a garantia da assistência em saúde para a população e o abastecimento de alimentos.


Ações mitigadoras

O abastecimento de gêneros alimentícios e os suprimentos para hospitais foi priorizado. Também foram assegurados o funcionamento de ambulâncias, viaturas da Guarda Municipal, da Defesa Civil, da BHTrans e da Limpeza Urbana, identificando os fornecedores de combustíveis e preservando, mediante negociação e escolta, o abastecimento dos veículos.


Outra estratégia bem sucedida foi a organização de escalas mínimas de funcionamento das estruturas municipais a partir localização de funcionários que moram próximos ao local de trabalho e instituindo um esquema de mobilidade para profissionais essenciais que moram longe do trabalho. Alguns órgãos municipais organizaram o home office para as funções que não demandam a presença imprescindível dos servidores.

 

Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde garantiu a oferta de procedimentos essenciais e de medicamentos. “Durante o período conseguimos assegurar a abertura dos 152 centros de saúde, o funcionamento na totalidade das unidades de urgência, o transporte de pessoas que realizam hemodiálise, a manutenção do transporte de pacientes entre UPAs e hospitais, entre outras ações que consideramos como fundamentais para a cidade”, explicou a subsecretária municipal de Saúde, Taciana Malheiros.
 

Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde cumpre o ponto facultativo com funcionamento de todos os 152 centros de saúde com escala de 50% da equipe, no horário das 7h às 17h, exceto na quinta-feira, feriado.
 

As Unidades de Urgência: as UPAs, o SAMU, o Hospital Metropolitano Odilon Behrens (HOB), a Central de Internações, os Centros de Referência em Saúde Mental e o Serviço de Urgência Psiquiátrica (SUP) permanecem com funcionamento normal. As ambulâncias do SAMU estão abastecidas e funcionam em plena capacidade. Não há redução da frota e nem da prestação de serviço.
 

O transporte sanitário de apoio às UPAs e deslocamento de pacientes em hemodiálise permanecem em operação normalmente. Os serviços de transporte de pacientes para as consultas eletivas, para os Distritos Sanitários e para os Centros de Saúde estão suspensos. Casos específicos são avaliados pontualmente.
 

Nos centros de saúde são priorizados os atendimentos aos casos agudos, os exames de urgência, o atendimento da farmácia e as vacinas.
 

Todos os gerentes e diretores foram convocados a trabalharem de forma normal.
 

Na quinta-feira, feriado de Corpus Christi, somente os serviços de urgência vão funcionar. Na sexta-feira, os serviços de urgência funcionam normalmente e os outros serviços do SUS vão atender com escala de plantão, exceto os Centros de Esterilização de Cães e Gatos que não funcionará.
 

A Secretaria Municipal de Saúde montou um Plano de Contingência que prevê a priorização do atendimento para os casos muito urgentes e as emergências com risco de vida. Todos os casos classificados como urgentes são atendidos.
 

As cirurgias eletivas na rede SUS-BH são realizadas conforme marcação dos hospitais, levando em consideração insumos e equipe.
 

O Hospital Metropolitano Odilon Behrens (HMOB) realizou normalmente nesta segunda-feira, 28/05, as cirurgias agendadas. As cirurgias que seriam realizadas nesta terça-feira, 29/05, foram reagendadas para outras datas.
 

O Núcleo de Cirurgia Ambulatorial do HMOB (Rua Joaquim Felício, 111 Sagrada Família) não foi afetado, não havendo, portanto, cancelamento das cirurgias eletivas. O Núcleo realizou 14 cirurgias nesta segunda-feira e permanece com 15 cirurgias agendadas para esta terça-feira e 22, para quarta-feira.
 

Já o Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro suspendeu as cirurgias eletivas e a decisão para os próximos dias está em avaliação constante, considerando o estoque de insumos.
 

Os atendimentos de urgência e emergência hospitalares não foram afetados.

 

Balanço das ações realizadas pela SMSA no fim de semana

A Secretaria Municipal de Saúde contou, nestes últimos dias, com o envolvimento e dedicação de toda equipe da Saúde, diretores das Regionais, gerentes locais e funcionários, para que o atendimento à população não fosse prejudicado. Devido ao grande esforço destes trabalhadores, a Rede permanece oferecendo toda a assistência necessária.

 

Dia 25/05/2018 - sexta feira 

  • Atendimento em todos os 152 centros de saúde com escala de 50%;

  • A Rede especializada manteve as agendas, porém com falta (absenteísmo) de 45% dos usuários;

  • Rede de Urgência (UPAs, CERSAM, CINT, HMOB, SAMU) com funcionamento normal;

  • Preservado transporte dos usuários para hemodiálise e entre UPAs e hospitais;

  • Os serviços de transporte sanitário para os Distritos Sanitários, Centros de Saúde e consultas eletivas estão suspensos. Casos específicos são avaliados pontualmente;

  • CRIE e Serviço de Atenção à Saúde do Viajante com atendimento normal. 

 

Dia 26/05/2018 - sábado 

  • Rede de Urgência com atendimento normal;

  • Centros de saúde fechados, como de rotina; 

  • Interface com Polícia Militar para garantir óleo para caldeira do Hospital Risoleta Tolentino Neves. O abastecimento foi realizado com sucesso;

  • CRIE funcionando até às 16 horas;

  • Divulgação para hospitais e demais serviços de urgência sobre a disponibilidade das linhas de ônibus.

 

Dia 27/05/2018 - domingo  

 Apoio da Defesa Civil com liberação de van para transporte de trabalhadores; 

  • Escala de carros da SMSA e Regionais para transporte dos trabalhadores;

  • Rede de solidariedade com organização de caronas entre os trabalhadores e gerentes das unidades de saúde; 

  • Apoio da BHTRANS mantendo 5 linhas de ônibus com 4 viagens pela manhã e à tarde para garantir o transporte dos trabalhadores nos horários de troca de plantão;

  • Monitoramento da situação em todas as unidades pela equipe da SMSA; 

  • A demanda pela população por atendimento nas UPAs teve redução de 30%;

  • SAMU: A procura pelo serviço teve uma redução aproximada de 30%. O Serviço recebeu 1.300 ligações e realizou o empenho de 230 ambulâncias (sábado e domingo). É importante esclarecer que o atendimento do SAMU segue protocolo do Ministério da Saúde e começa a partir do chamado telefônico, quando são prestadas orientações sobre as primeiras ações. As chamadas são remetidas ao Médico Regulador, que presta orientações de socorro às vítimas e aciona as ambulâncias quando necessário.


 

Restaurantes populares

Assim como na terça-feira, dia 29, os restaurantes populares funcionam nesta quarta-feira, dia 30, com adaptações no cardápio, devido à deficiência no abastecimento de alguns gêneros alimentícios. No feriado, quinta-feira, os equipamentos não abrirão.
 

A Prefeitura de Belo Horizonte trabalha para continuar abrindo os restaurantes, mas avaliará, até quarta-feira, se conseguirá ofertar as refeições na próxima sexta-feira.

 

Limpeza Urbana

Os serviços de limpeza em Belo Horizonte voltaram a ser realizados normalmente, em virtude do reabastecimento da frota de caminhões, desde segunda-feira, dia 28.
 

A coleta domiciliar continua sendo realizada regularmente durante todos os dias desta semana, incluindo o feriado de quinta-feira e o sábado. O mesmo acontece com a coleta seletiva, que se normalizou nesta terça-feira, dia 29, e segue regular durante todos os dias desta semana, inclusive no feriado de quinta-feira e no sábado.
 

O serviço de varrição também já se normalizou desde ontem, dia 28, e segue regular durante todos os dias, com exceção do feriado de quinta-feira e do domingo, quando haverá apenas plantões de varrição no hipercentro, na Savassi e na região hospitalar.
 

Os demais serviços de capina, limpeza de bocas de lobo, limpeza de córregos e remoção de deposições clandestinas também já foram normalizados.
 

A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) informa que, somente hoje (29/5) e ontem (28/5), foram recolhidas cerca de 5.400 toneladas de resíduos das ruas da capital, o que corresponde a 30% a mais do volume de lixo em dias normais. 

Portanto, por dia, as equipes de limpeza têm retirado das vias públicas uma média de 2.700 toneladas de resíduos, sendo a maior parte resultante da coleta domiciliar.

Últimas Notícias

Parque Municipal visto do alto com destaque para o lago Parque mais antigo de BH completa 121 anos na próxima semana

naugurado antes mesmo da então nova capital mineira o Parque foi criado para ser o maior e mais bonito parque urbano da América Latina.

20/09/2018 | 21:15