Pular para o conteúdo principal

Parque ecológico
Foto: Arquivo/FPMZB

PBH amplia a exigência de imunização contra Febre Amarela em parques municipais

criado em 04/11/2021 - atualizado em 04/11/2021 | 17:43

A partir do próximo final de semana, mais 14 parques municipais de Belo Horizonte passarão a exigir a vacinação contra a Febre Amarela. A medida faz parte das ações conjuntas da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB) e Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) para prevenção da doença na cidade. 

Os parques são territórios de preservação de áreas silvestres. Sendo assim, a FPMZB avalia que a vacinação é uma forma a mais de garantir a segurança dos visitantes. “Em alguns espaços, a imunização já era exigida e, com o fim dos agendamentos para as visitas, estamos estendendo a outros nos quais é possível esse controle. É uma ação preventiva e que contribuirá para a conscientização da população sobre a importância da vacinação”, explica o presidente da FPMZB, Sérgio Augusto Domingues. 

Para acesso aos parques, o visitante deverá ter sido vacinado há, pelo menos, 10  dias. No caso do Aggeo Pio Sobrinho e do Jacques Cousteau, localizados na região Oeste, onde foi encontrado um macaco nas proximidades, deverá ser apresentado o cartão de vacinação. Nos demais parques (conforme listagem abaixo), caso o visitante não esteja com o comprovante, deverá preencher um termo, disponibilizado pelo parque, de que já se encontra imunizado (vacinado há, pelo menos, 10 dias). 

Menores de 9 meses, por não poderem ser imunizados contra a doença, não podem acessar tais parques. A vacina está disponível nos Centros de Saúde durante todo o ano.

Esquema vacinal da Febre Amarela 

• Crianças, ao completarem 9 meses de vida, devem tomar uma dose;
• Crianças, ao completarem 4 anos de idade, devem tomar a dose de reforço;
• Pessoas de 5 a 59 anos de idade, não vacinadas ou sem comprovante de vacinação, devem tomar uma dose;
• Pessoas que receberam apenas uma dose da vacina antes de completarem 5 anos de idade devem tomar uma dose de reforço. 

Macacos não transmitem a Febre Amarela 

Vale lembrar que os macacos não transmitem a Febre Amarela aos humanos, atuando apenas como bioindicadores da presença do vírus naquela região, permitindo ao poder público adotar as medidas preventivas e de controle a fim de evitar a propagação do vírus. 

Parques que exigem o cartão de vacinação contra febre amarela 

- Parque Aggeo Pio Sobrinho;
- Parque Jacques Cousteau.
 
Parques que exigem o cartão de vacinação contra febre amarela ou preenchimento de termo declarando que já encontra-se imunizado (há pelos menos 10 dias): 

-  Parque Ecológico Roberto Burle Marx;
-  Parque Municipal das Mangabeiras;
-  Parque da Serra do Curral;
- Parque Ecológico Renato Azeredo;
- Parque Real;
- Parque Ecológico e de Lazer do Bairro Caiçara;
- Parque Nossa Senhora da Piedade;
- Parque Primeiro de Maio;
- Parque do Bairro Havaí (Estrelinha);
- Parque do Conjunto Estrela Dalva;
- Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego(PEP);
- Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado;
- Parque Ecológico Universitário;
- Parque Ecológico Vencesli Firmino da Silva;
- Parque Elias Michel Farah;
- Parque Municipal Américo Renné Giannetti (Temporariamente fechado).