Pular para o conteúdo principal

Uma mulher canta ao microfone enquanto batuca em um tambor. Sentado, ao seu lado direito, um homem canta ao microfone enquanto toca violão.
Foto: Ricardo Laf/PBH

PBH abre inscrições para seleção de propostas artísticas

23/07/2018 | 18:55 | atualizado em 23/07/2018 | 19:37

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura (FMC), abriu inscrições para o edital Cena Plural 2018. O concurso visa à seleção de espetáculos de música, artes cênicas e obras audiovisuais, destinadas ao público infantil e adulto, para apresentações nos Centros Culturais e Museus da FMC, localizados nas nove regionais do município. As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas até o dia 1º de agosto. O edital, bem como o link para inscrições estão disponíveis na página de Editais da Fundação Municipal de Cultura.
 

No total, serão selecionadas até 41 propostas. Cada uma delas fará três apresentações em espaços culturais da cidade, em 2018. Os proponentes receberão um total de 5 mil reais por apresentação nas categorias dança, circo, teatro e música, e 1.500 reais por apresentação nas categorias audiovisual e contação de histórias. O total investido pelo município neste edital será de R$600 mil.
 

A seleção das propostas será realizada por uma Comissão de Avaliação e Classificação, composta por dez membros da administração pública municipal com competência nas modalidades contempladas pelo edital. Serão cinco membros representando as Artes Cênicas (teatro, dança, circo e contação de histórias), três membros representando a Música e dois membros representando o Audiovisual. As propostas serão avaliadas de acordo com os critérios de relevância artística, qualidade técnica, adequação aos espaços, exequibilidade e versatilidade, e capacidade da equipe profissional.
 

O objetivo do edital Cena Plural é fomentar a circulação e possibilitar a apresentação de artistas e grupos das áreas de música, teatro, dança, circo, contação de histórias e exibição de audiovisual em diversos locais de Belo Horizonte. Também é intenção do concurso ampliar o acesso e o conhecimento da população à produção artística da cidade, impulsionando a formação de novos públicos e ampliando a participação cultural como elemento de fortalecimento da cidadania. Podem se inscrever proponentes nas modalidades: Pessoa Física Individual, Coletivo de Artistas de Pessoas Físicas, Microempreendedor Individual e Pessoa Jurídica.