Pular para o conteúdo principal

Mosquito da Dengue com o slogan "Não deixe a Dengue crescer"
Arte: PBH

PBH abre centros de saúde no sábado para atender casos com suspeita de dengue

15/04/2019 | 20:09 | atualizado em 22/04/2019 | 12:29

Para garantir bom atendimento à população diante do aumento de casos de dengue nesta época do ano, três centros de saúde da capital ficaram abertos no sábado, dia 13/4, para atendimento a pacientes com suspeita da doença. O objetivo foi facilitar o acesso à assistência em áreas de maior incidência e reduzir a demanda nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

 

As unidades Alcides Lins, na regional Nordeste, Santa Terezinha, na Pampulha, e Tirol, no Barreiro, funcionaram das 9h às 18h. Foram atendidas cerca de 240 pessoas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e farmácia.

 

O maior movimento foi constatado no Centro de Saúde Santa Terezinha, com 85 atendimentos. Os casos de maior gravidade foram encaminhados para as UPAs das mesmas regionais.

 

 

Força-tarefa

Para enfrentar o aumento de casos de dengue, a Secretaria Municipal de Saúde está atuando em várias frentes. Além da abertura de 12 leitos pediátricos de retaguarda no Hospital Metropolitano Odilon Behrens, prevista para a próxima semana, as UPAs do Barreiro e Nordeste já contam com contratações adicionais de enfermagem na classificação de risco.

 

Também houve reforço na quantidade de macas, cadeiras e suporte de soro. Insumos e medicamentos tiveram os estoques aumentados e a capacidade de realização de exames foi ampliada.