Pular para o conteúdo principal

Guarda Municipal observa mais de dez pessoas sentadas dentro do ônibus.
Foto: Divulgação PBH

Operação Viagem Segura reduz furtos e roubos em coletivos

15/01/2019 | 18:22 | atualizado em 25/10/2019 | 16:53
A Operação Viagem Segura completa dois anos e os números confirmam a redução de furtos e roubos a passageiros de ônibus na capital. Foram mais de 35 mil embarques de agentes da Guarda Municipal, o que aumentou a segurança das pessoas que vivem ou apenas transitam por Belo Horizonte.
 
A metodologia da Operação Viagem Segura consiste no embarque de guardas municipais, a partir das 18h até o final da noite, em coletivos que circulam por avenidas que apresentavam maior índice de ocorrências de roubos praticados contra passageiros.

Inicialmente, os embarques ocorriam em ônibus que trafegam pelas avenidas Antônio Carlos e Nossa Senhora do Carmo. A Operação foi ampliada, em seguida, para as avenidas Cristiano Machado, Raja Gabaglia, Pedro I, Vilarinho, Padre Pedro Pinto, Santos Dumont e Paraná.

Hoje as viagens dos corredores da Antônio Carlos e Nossa Senhora do Carmo voltaram a ser priorizadas, sendo as demais avenidas atendidas pelos agentes por meio do patrulhamento feito em viaturas.
 


Números

O balanço de 2018 registrou 17.865 embarques de agentes da Guarda Municipal em ônibus municipais e outras 1.455 em coletivos metropolitanos. Esses embarques, por sua vez, resultaram em 4.755 pessoas suspeitas abordadas, 75 veículos de passeio interceptados para averiguações e 44 pessoas presas. Os guardas municipais apreenderam quatro veículos e 25 celulares furtados.

 No ano de 2017, foram realizados 15.434 embarques de guardas municipais em ônibus municipais, outros 1.240 em ônibus metropolitanos e na abordagem a 631 veículos diversos. As averiguações feitas em 7.056 pessoas suspeitas resultaram na prisão de 59 infratores. Já o saldo de apreensões do período somou duas armas de fogo, 13 réplicas de arma de fogo e 40 armas brancas (facas). A lista incluiu ainda 51 pedras de crack, 17 porções de maconha, um pino de cocaína, um veículo clonado e três veículos roubados ou furtados.

 



Estação Segura

A Viagem Segura ganhou novo fôlego, a partir de março de 2018, com sua expansão para as estações de integração do Move, dando origem à etapa chamada de Estação Segura. As pioneiras foram as estações São Gabriel e Pampulha, com duas unidades de monitoramento da ordem pública em que os guardas atuam na organização do espaço, evitam a ação de vendedores clandestinos, agem de forma preventiva para evitar a prática de roubos e furtos contra usuários do transporte público e conseguem inibir a evasão de passageiros sem pagar passagem. A nova modalidade de policiamento já foi implantada também na Estação Diamante.

Últimas Notícias

Novembro preto: BH sem racismo Novembro Preto marca a luta pela igualdade racial em Belo Horizonte

A programação do evento inclui debates, formações e atividades de lazer.

19/11/2019 | 18:01
Sete pacientes, deitados em colchões, fazem exercícios com a coluna, deitados, acompanhados por três instrutores, em sala, durante o dia. Parceria entre PBH e UFMG cria projeto que traz alívio a portador de dor lombar

Portadores de dor lombar crônica são capacitados para a prevenção do problema no grupo Cuidados com a Coluna.

19/11/2019 | 16:13