Pular para o conteúdo principal

Mulher realiza apresentação para mais de 20 pessoas, sentadas.
Foto: Divulgação PBH

Novo modelo de Avaliação de Desempenho de Servidores é apresentado a gestores

24/06/2019 | 19:37 | atualizado em 24/06/2019 | 19:37

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Diretoria de Gestão Estratégica de Pessoas da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, está realizando, este mês, uma série de reuniões com os gestores de todos os órgãos da Prefeitura para apresentar o novo modelo de Avaliação de Desempenho por Competências e as Trilhas de Aprendizagem, instrumentos de gestão que serão disponibilizados para utilização ainda este ano.

 

A nova Avaliação de Desempenho tem como objetivo principal o desenvolvimento do servidor e pretende identificar o grau de competência dos empregados públicos e gestores. A gerente de Gestão do Desempenho, Adriana Cantarino, explica que todo o processo será feito pela internet, no Portal do Servidor, o que eliminará um volume significativo de impressões e papéis.

 

“Muito mais segurança no armazenamento das informações, muito mais rapidez na realização e transparência na consulta. Tudo desenvolvido para simplificar e facilitar a vida do funcionalismo municipal”, disse a gerente.

 

Adriana Cantarino conta que, para conhecer o sistema e entender o passo a passo da avaliação, gestores e servidores serão treinados por meio de manuais e os Recursos Humanos das unidades temáticas serão o ponto de apoio para esclarecer dúvidas.

 

 

Avanços

O modelo anterior estava diretamente ligado à questão de progressão na carreira e impactos financeiros no vencimento, fatores que tornavam a avaliação um instrumento vinculado apenas a essas questões, sem focar nas competências que precisavam ser desenvolvidas. “Com a reformulação, teremos clareza de estratégia para alinhar pessoas às entregas pactuadas, com instrumentos formais para esse roteiro. Nesse processo, o gestor deixa claro o que espera de cada membro de sua equipe, realiza feedbacks intermediários para direcionar as atividades e reuniões periódicas para acompanhar as entregas”, pontuou a subsecretária de Gestão de Pessoas, Fernanda Neves.

  

 

Trilhas da Aprendizagem

Para contribuir no desenvolvimento das competências, a Prefeitura está implementando o programa Trilhas de Aprendizagem, que tem por objetivo promover a aprendizagem e atualizar os servidores para o exercício de suas atividades, por meio de vídeos, filmes, livros, artigos e cursos, entre outras formas, disponíveis em uma plataforma de educação à distância. 

 

Trata-se de uma ferramenta acessível a todos os servidores, podendo ser acessada a partir de um computador, celular ou tablet, no momento de interesse do servidor, não sendo necessário deslocamento ou comprometimento das atividades realizadas. Basta acessar a página do programa, conferir as sugestões e, ainda, se inscrever nos cursos disponíveis presencialmente.

 

 “Com o novo modelo de avaliação de desempenho, focado nas competências, teremos um diagnóstico por unidade e ainda da Prefeitura, de forma geral, que possibilitará um direcionamento mais assertivo no planejamento das ações de capacitação, cursos e conteúdos a serem ofertados para aperfeiçoamento e desenvolvimento dos agentes públicos”, destacou a gerente de Gestão do Desenvolvimento, Lígia Rache.

 

Segundo Lígia, o objetivo é estimular o autodesenvolvimento dos servidores públicos, adequar as competências requeridas aos objetivos da Prefeitura e, consequentemente, melhorar a eficiência e a qualidade dos serviços públicos prestados.