Pular para o conteúdo principal

Nota da Prefeitura de Belo Horizonte

07/12/2018 | 13:35 | atualizado em 11/12/2018 | 18:48

A Prefeitura de Belo Horizonte reconhece que existem sim casos de omissão do poder público, como os recorrentes alagamentos na avenida Vilarinho, mas, em relação às árvores não. Há um acompanhamento técnico que se estende ao longo do tempo e que foi intensificado a partir de 2017. No mês de novembro, somente na avenida Nossa Senhora do Carmo 241 árvores foram podadas ou suprimidas. No lamentável episódio ocorrido ontem, a árvore em questão apresentava condições normais e era saudável, como mostra laudo técnico L7659 (anexo), mas não suportou a força do vento de quase 80 km/h.


A Prefeitura esclarece ainda que não tem poupado esforços para minimizar ao máximo o risco de queda de galhos e árvores em toda a cidade. Até 30 de novembro deste ano foram realizadas 44.279 podas e 9.179 supressões, o que representa um aumento de 650% em relação ao ano de 2016 quando foram feitas 14.133 podas e 1.415 supressões.


O trabalho é contínuo e os valores investidos são crescentes. Em 2016 o investimento foi de R$2,8 milhões, em 2017 R$4 milhões e até 30 de novembro de 2018 já foram destinados mais de R$11 milhões para estes serviços.