Pular para o conteúdo principal

Papai Noel ao lado de uma senhora com uma criança no colo
Foto: Amira Hissa

Natal Gentileza oferece atrações gratuitas durante o mês de dezembro

09/12/2019 | 17:25 | atualizado em 17/01/2020 | 18:00

Nesta terça, dia 10, às 18h30, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, acompanhado da primeira-dama e coordenadora do Movimento Gentileza, Ana Laender, participa da abertura do Natal Gentileza, na sede da Prefeitura de Belo Horizonte.

 

O projeto é uma realização do Movimento Gentileza e este ano trará uma novidade que promete surpreender quem passar em frente à Prefeitura de Belo Horizonte, na avenida Afonso Pena: um carrossel, com iluminação e decoração especiais, vai embalar as brincadeiras da criançada e convidá-las a curtir uma experiência natalina completa.

 

No hall interno da Prefeitura, o público encontrará uma exposição temática, decorada com luzes e objetos natalinos, árvores de natal, trenó, presépio, cozinha do Papai Noel, além do próprio bom velhinho, que estará disponível para fotos. Tudo de graça.

 

A programação segue até 6 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 12h às 20h, e aos sábados e domingos, das 10h às 14h. Nos dias 24 e 30/12 haverá funcionamento restrito, das 10h às 14h, e nos dias 25 e 31/12 e 1º/1, a exposição e o carrossel não terão expediente.

 

“Queremos manter viva a magia do Natal, realizando uma festa democrática e acessível, que seja motivo de alegria e divertimento para crianças de todas as idades, e que assim possamos multiplicar os sentimentos de esperança, amor e gentileza que simbolizam a data”, explica Ana Laender.

 

A inspiração para a novidade desta edição, segundo a coordenadora do Movimento Gentileza, veio dos carrosséis de Paris, instalados pelo governo local em diversos pontos da cidade neste período do ano. A versão belo-horizontina será destinada exclusivamente às crianças a partir dos cinco anos, com altura máxima de 1,30m. Elas deverão estar acompanhadas dos pais ou responsáveis no momento da brincadeira. O acesso será feito por ordem de chegada, sem retirada de senhas ou ingressos prévios.

 

Já a exposição no interior do prédio será aberta a todas as idades, com acesso gratuito, e as fotos com o Papai Noel serão organizadas em fila, também por ordem de chegada. Outras atrações, como apresentações de corais e cantatas natalinas estão previstas na programação, em datas a definir.

 

Este é o segundo ano do Natal Gentileza. O projeto é idealizado e realizado pelo Movimento Gentileza, conta com a parceria da empresa BHIP, concessionária de iluminação pública da capital, e tem apoio institucional da Prefeitura de Belo Horizonte.

 

 

Sobre o Movimento Gentileza
 

Em dois anos de atuação em Belo Horizonte, o Movimento Gentileza trabalha com a realização e apoio a diversas ações que contribuem para uma cidade mais gentil com a cena urbana e os cidadãos, sempre em parceria com o poder público municipal e a iniciativa privada.

 

Idealizado e coordenado pela voluntária social e primeira-dama do município, Ana Laender, o Movimento é responsável por iniciativas dedicadas à requalificação do espaço urbano por meio da arte, preservação da memória da cidade e inclusão social e cultural de crianças, jovens e idosos.

 

 

 

Natal Gentileza

10 de dezembro a 6 de janeiro

Segunda a sexta – das 12h às 20h

Sábado e domingo – das 10h às 14h

Dias 25 e 31/12 e 1º/1, sem funcionamento

Dias 24 e 30/12, funcionamento até 14h

Local: Prefeitura de Belo Horizonte - Avenida Afonso Pena, 1.212 – Centro

ACESSO GRATUITO


Últimas Notícias

Agentes da Defesa Civil em atendimento na Vila Biquinhas Prefeitura atende 474 chamados em razão das chuvas nas últimas 36 horas

Assim como no dia anterior, moradores do Barreiro foram os que mais acionaram a Defesa Civil, totalizando 53 chamados nesta sexta-feira.

24/01/2020 | 19:10
Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, o procurador-geral de Justiça Antônio Sérgio Tonet e o prefeito Alexandre Kalil Ministra Cármen Lúcia visita gabinete do prefeito no COP

O encontro foi realizado no Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH), para onde o prefeito transferiu seu gabinete.

24/01/2020 | 14:23