Pular para o conteúdo principal

Imagem da atriz mineira Teuda Bara
Foto: Guto Muniz

Mural pintado em ação do Circuito Municipal homenageia Teuda Bara

24/02/2021 | 15:13 | atualizado em 24/02/2021 | 19:21

Uma das fundadoras do Grupo Galpão, a atriz Teuda Bara será homenageada pelo projeto “Janelas Urbanas”, do Circuito Municipal de Cultura, em uma ação que conta com o apoio do Movimento Gentileza. A iniciativa propõe a recriação do mural produzido em homenagem à artista, em 2017, pelo coletivo de artistas mulheres Minas de Minas Crew, na Rua Guaicurus, no Centro de Belo Horizonte, e apagado dois anos depois por decisão do proprietário do local.

Como forma de acolher afetivamente o trabalho das grafiteiras e reforçar a importância de celebrar Teuda, a nova pintura está programada para ser feita na área externa do Centro de Referência da Juventude (CRJ), na Zona Cultural Praça da Estação, nesta sexta-feira, dia 26. O Circuito Municipal de Cultura é realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) e da Fundação Municipal de Cultura (FMC), em parceria com o Centro de Intercâmbio e Referência Cultural (CIRC).

Intitulado “Nós Podemos Tudo”, o mural será lançado virtualmente no Dia Internacional da Mulher (8 de março), em uma ação que abre as celebrações da Semana da Mulher no Circuito Municipal de Cultura, cuja programação terá diversas atrações on-line e gratuitas até 12 de março. Um vídeo será publicado às 20h, no YouTube da Fundação Municipal de Cultura e no Facebook do Circuito, mostrando a pintura da obra pelo coletivo Minas de Minas Crew, que é formado pelas grafiteiras mineiras Krol, Nica, Viber e Musa.

Para a primeira-dama de Belo Horizonte e voluntária social Ana Laender, idealizadora e coordenadora do Movimento Gentileza, a realização do mural se alinha aos princípios do Gentileza, colaborando para tornar Belo Horizonte uma cidade mais humana e acolhedora para todos. “A pintura deste mural é um ótimo exemplo de gentileza entre iniciativas sensíveis à importância de se reestabelecer uma justa homenagem a uma das grandes mulheres da cultura de Belo Horizonte e do país. Ganha a cidade, com mais uma bela obra de arte no hipercentro, e ganham as novas gerações, que poderão se conectar ao legado de Teuda no Centro de Referência da Juventude”, afirma.

Secretária municipal de Cultura e presidenta interina da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin ressalta que a realização do mural vai ao encontro da política de fomento às artes visuais da Prefeitura de Belo Horizonte. "A partir de uma homenagem feita por artistas mulheres da nova geração a uma das mais importantes atrizes mineiras,  essa intervenção artística, no Centro de Referência da Juventude, traz à paisagem urbana da Zona Cultural Praça da Estação novas possibilidades de vivenciar o Centro da cidade, fortalecendo a vocação daquele território de uma apropriação pelas juventudes e coletivos de cultura da cidade. Ressalto ainda que a valorização das artes visuais, nas suas diferentes formas de fruição, está presente em diversos dos nossos programas e projetos desde o início desta gestão, e esta ação, que ocorre agora como parte da programação do Circuito Municipal de Cultura, dá continuidade a essas iniciativas”, conclui.

 

Nas redes

YouTube da Fundação Municipal de Cultura
Facebook do Circuito Municipal de Cultura
Instagram do Circuito Municipal de Cultura
Site do Circuito Municipal de Cultura