Pular para o conteúdo principal

Latas de spray em primeiro plano e, ao fundo, um homem que pinta um muro.
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

Movimento Gentileza leva arte urbana para passarela da Lagoinha

22/04/2019 | 20:36 | atualizado em 25/04/2019 | 11:42
A passarela que liga a Praça Vaz de Mello, na Lagoinha, aos acessos à Rodoviária e à Estação Lagoinha do metrô vai se transformar em mais uma galeria de arte a céu aberto em Belo Horizonte. A partir desta segunda-feira, dia 22 de abril, os artistas mineiros Clara Valente, Gabriel Dias e João Gabriel estarão acompanhados da italiana Alice Pasquini, um dos expoentes da arte urbana mundial, no desafio de colorir os 400 metros de extensão da passarela e seu entorno.

 

A ação é realizada pelo Movimento Gentileza, idealizado e coordenado por Ana Laender, primeira-dama do Município. O Movimento tem como compromisso conectar pessoas e instituições por meio de ações que contribuem para uma Belo Horizonte mais acolhedora e humana para todos.

 

"A nossa proposta é transformar mais um percurso por onde um grande número de pessoas passa todos os dias em um ambiente mais bonito e agradável, valorizando a arte e a cultura da cidade”, afirma Ana Laender.

 

A pintura da passarela marca a terceira etapa de intervenções do Movimento Gentileza na Lagoinha. Em março, o coletivo Rupestre Crew, oriundo da Pedreira Prado Lopes, pintou os muros internos do Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira, que fica dentro do Mercado da Lagoinha. Também no mês passado, os muros que contornam o conjunto IAPI, nas ruas Araribá e José Bonifácio, receberam intervenções de 100 artistas da arte urbana de Belo Horizonte, em um dia de arte e lazer para a comunidade.

 

 

Diálogos internacionais

A pintura artística da passarela contará com uma convidada internacional. A italiana Alice Pasquini, principal nome da arte urbana em seu país e responsável por importantes intervenções em várias partes do mundo, vem a Belo Horizonte especialmente para a ação, a convite do Consulado da Itália em Belo Horizonte. Este será o segundo trabalho da artista no Brasil, que recentemente pintou as paredes externas do Sesc Pinheiros, em São Paulo.

 

A participação da artista remete à relação secular do bairro com a Itália. Nos primeiros anos de Belo Horizonte, o bairro Lagoinha foi um dos principais pontos de concentração da imigração italiana, fato que se refletiu na arquitetura e na cultura da região. Os imigrantes, em sua maioria operários, ajudaram a construir a nova capital do Estado.

 

 

Um dia de surpresas

Para encerrar o período de intervenções, no dia 2 de maio, quinta-feira, uma programação especial trará surpresas para os passantes durante todo o dia, com apresentações artísticas e de resgate da memória e da cultura da Lagoinha. As ações podem ser acompanhadas pelo Instagram: @movimentogentileza.

 

 

Sobre o Movimento Gentileza

O Movimento completou um ano e meio de atuação em março de 2019, com a realização de diversas ações que contribuem para uma cidade mais gentil com a cena urbana e com seus cidadãos. Nesse período, foram viabilizadas intervenções artísticas em vários pontos da cidade, como o Mural Liberdade (Praça da Liberdade), o Mural Gentileza CRPI (Centro de Referência da Pessoa Idosa) e o próprio Gentileza Lagoinha.

 

Além da arte urbana, o movimento se dedica à valorização do ser humano, com ações para idosos e para o resgate da cultura e da memória de Belo Horizonte, sempre conectando pessoas e instituições em busca de uma cidade mais humana e acolhedora para todos. Mais informações pelo Instagram @movimentogentileza.


Últimas Notícias

Duas crianças estão de pé, segurando suas bicicletas, acompanhadas por adulto, também de pé. Ao fundo, pessoas passeiam, durante o dia. Bossa nova, blues, jazz e carnaval no BH é da Gente do dia 17/11

Apresentações musicais, oficina de circo, circuito de bike e brincadeiras tradicionais são as atrações do BH é da Gente do dia 17/11.

14/11/2019 | 19:03
Mapa da operação de trânsito Operação especial na Rodoviária em função do feriado de 15/11

A BHTrans realiza, de 13 a 18/11, intervenções operacionais no trânsito na região da Rodoviária organizar e garantir a fluidez de veículos.

12/11/2019 | 16:06