Pular para o conteúdo principal

Seis manequins com roupas de duas exposições "Gari Fashion", em cartaz na mostra “Stilo Limpeza Urbana”, no Museu da Moda
Foto: Jéssica

Mostra “Stilo Limpeza Urbana” está em cartaz até 30 de julho

25/07/2017 | 16:26 | atualizado em 28/07/2017 | 15:58

A Fundação Municipal de Cultura apresenta até o dia 30 de julho, no Museu da Moda de Belo Horizonte, a exposição “Stilo Limpeza Urbana - Uma alternativa criativa para se repensar o desperdício”. A mostra traz 33 looks criados nas duas edições dos desfiles do “Gari Fashion”, concurso de moda realizado pela Superintendência de Limpeza Urbana (SLU). A exposição pode ser visitada de terça a sexta, das 9h às 21h, sábados e domingos, das 10h às 14h. A entrada é gratuita.

 

O objetivo da exposição é trazer temas como o consumo consciente e a sustentabilidade, promovendo um debate sobre moda sustentável, incentivando e valorizando o trabalho do gari e fazendo surgir novas soluções em relação à reutilização do vestuário. A exposição estimula a reflexão sobre atitudes que façam a diferença em relação aos resíduos sólidos, desperdício, reciclagem e reaproveitamento, reforçando a ideia de que cidade limpa também é cultura. A estilista Jackeline Benfica explica que a roupa, assim como o lixo, está carregada de informações, revelando preconceitos, valores e emoções do indivíduo. “Eu não sou o que descarto; eu sou a forma como descarto”, avalia. “Como o papel, nossas atitudes também estão em movimento, flutuam e se transformam em fragmentos.”

 

Nos dias 25 e 27 de julho o Mumo promove oficinas de confecção de caixas para presentes, reutilizando catálogos e revistas. As inscrições para a atividade são gratuita e podem ser feitas antecipadamente pelo site do sympla

 

Gari Fashion

As peças da coleção Gari Fashion são compostas por retalhos de tecidos variados, garrafas PET, telas de construção, banners, faixas de anúncios, tampinhas de garrafas, espelho quebrado, arames e folhas usadas de caderno, papel reciclado, madeira, saco de linhagem, câmara de ar de pneus, filtro usado de fazer café, lacres de latinhas, embalagens Tetra Pak, entre outros objetos.

 

As roupas foram desenhadas em 2012 e 2014. O resultado foram coleções surpreendentes e modernas, que mostram o dia a dia do gari, repensam o desperdício e apresentam soluções de reaproveitamento para aquilo que seria jogado fora.

 

“Stilo Limpeza Urbana - Uma alternativa criativa para se repensar o desperdício”

Até 30/7 | terça a sexta, das 9h às 21h, sábados e domingos, das 10h às 14h.

Museu da Moda de Belo Horizonte (Rua da Bahia, 1.141, Centro).

ENTRADA GRATUITA

Informações para o público: (31) 3277-4384.