Pular para o conteúdo principal

Mostra de Economia Popular Solidária reúne 17 produtores

21/02/2019 | 21:13 | atualizado em 21/02/2019 | 21:13

Termina nesta sexta-feira, dia 22, a Mostra de Economia Popular Solidária, no Refeitório 1 do Prédio Del Rey, (avenida Augusto de Lima, 30, Centro). Promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, a mostra reúne 17 expositores e fica aberta das 8 às 17h30. produtos de confecção, artesanato e peças de decoração, como roupas, bolsas, almofadas, bordados, tapetes e artigos de cama, mesa e banho; bijuterias e acessórios. Também estarão à venda produtos de alimentação como bolos, pães, geleias, compotas, bombons e trufas. A iniciativa tem o objetivo de divulgar os princípios da economia solidária, e apresentar ao público o trabalho de alguns empreendedores desse segmento na capital.


A economia solidária abarca uma variedade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, redes de cooperação, entre outras, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário. Segundo a diretora da Economia Solidária, Águeda Bafile Elian, o Centro Público de Economia Solidária, da Subsecretaria de Trabalho e Emprego (SUTE), possui atualmente mais de 200 grupos cadastrados na Prefeitura de Belo Horizonte.


Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3277-9830 ou 3246-0379, ou presencialmente na avenida dos Andradas, 367, 2º andar.