Pular para o conteúdo principal

Vista de Belo Horizonte iluminada, durante a noite.
Foto: Bruno Lavorato

Modernização de rede de iluminação pública de Belo Horizonte está na reta final

14/11/2019 | 11:27 | atualizado em 19/11/2019 | 17:25

Todos os 182 mil pontos de iluminação pública de Belo Horizonte estarão com lâmpadas de LED no segundo semestre de 2020. Iniciada em julho de 2017, a Parceria Pública Privada celebrada entre a Prefeitura de Belo Horizonte e a BHIP para a modernização da rede de iluminação já contabiliza, até o momento, a substituição de 120 mil lâmpadas de vapor de sódio pela tecnologia LED nas regiões de Venda Nova, Barreiro, Norte, Noroeste, Nordeste, Leste e parcialmente nas regiões Oeste e Centro.

 

A iniciativa da Prefeitura de Belo Horizonte tem como grande diferencial o uso da chamada “telegestão” – sistema de controle integral das luminárias, por meio de um centro de gerenciamento que permite acionar e apagar a iluminação remotamente. Com o sistema é possível ainda controlar o fluxo luminoso (dimerização), medir o consumo de energia, acompanhar grandezas elétricas e monitorar falhas, viabilizando a ação imediata de equipes de manutenção.

 

 “Ela é baseada no conceito da Internet das Coisas e, com isso, nos permite a incorporação de sensores que vão trazer inteligência para a gestão da iluminação”, aponta o diretor de engenharia e tecnologia da concessionária, Marcelo Menegatto.

 

O meio ambiente também ganha com o uso das luminárias de LED: é que elas utilizam material não contaminante, ao contrário da iluminação convencional com vapor de sódio ou mercúrio e outros elementos químicos, que demandam descontaminação. Estudos indicam que uma melhor iluminação influencia na redução da criminalidade e de acidentes de trânsito.

  

 

Iluminação de destaque

O Conjunto Arquitetônico da Pampulha, que leva a assinatura de importantes nomes da arquitetura e das artes, como Oscar Niemeyer, Roberto Burle Marx e Cândido Portinari, também recebeu iluminação especial para valorizar ainda mais sua importância e reforçar a sensação de segurança. Entre os desafios estava a iluminação da Barragem da Pampulha, que, por estar situada na cabeceira de uma pista de pouso, tem restrições quanto à instalação de postes nas imediações.

 

“Estudamos o caso e desenvolvemos, junto a uma fabricante, luminárias dotadas de projetores LED com feixe direcionado. Elas estão sendo implantadas nos nichos existentes na mureta lateral. Desta forma conseguimos solucionar a falta de iluminação do local, que está escuro há anos”, destaca Menegatto.

 

Vale ressaltar que a solução foi desenvolvida com exclusividade para a concessionária, atendendo a critérios de qualidade e com sistema que dificulta eventual vandalismo. Além da barragem, toda a Orla da Lagoa, Casa do Baile, Museu de Arte, Barragem e Praça Alberto Dalva Simão vão receber iluminação reformulada pela BHIP.

 

 

14/11/2019. Telegestão (BHIP). Fotos: Arquivo BHIP


Últimas Notícias

Imagens da entrada dos túneis do Complexo da Lagoinha Prefeitura inicia manutenção rotineira nos túneis do Complexo da Lagoinha

De acordo com a BHTrans, neste primeiro momento a interdição do tráfego acontecerá somente na pista busway, sentido centro-bairro.

06/07/2020 | 16:49
Informativo sobre o Coronavírus em Belo Horizonte Prefeitura define diretrizes para contratação de leitos em hospitais privados

O processo de adesão será por meio de chamada pública para seleção simplificada, destinada a hospitais que preencham os critérios definidos.

02/07/2020 | 19:12