Pular para o conteúdo principal

Da esquerda para a direita: secretário municipal de desenvolvimento, Daniel Nepomuceno, Agentes de Desenvolvimento do projeto BH Negócios; gerente do projeto, Maria Angélica Lins de Cerqueira; gerente Camilla Vieira; secretário municipal adjunto de Desenvolvimento Econômico, Bruno MIranda; coordenador municipal da Juventude, Vítor Diniz e presidente da Femicro-MG, Márcio Kilson.
Foto: Raquel Bernardes/PBH

Mais força para o empreendedorismo jovem

13/07/2017 | 17:38 | atualizado em 17/07/2017 | 08:09

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento (SMDE), por meio do projeto BH Negócios, e a Secretaria Municipal de Governo, por meio da Coordenadoria Municipal da Juventude, vão realizar atividades conjuntas para mostrar ao público jovem as oportunidades proporcionadas pelo empreendedorismo.

 

O projeto BH Negócios tem o objetivo de apoiar os empreendedores individuais, micros e pequenos empresários em áreas de vulnerabilidade social. O projeto é executado nas regionais Venda Nova, Leste, Barreiro e Centro Sul, em parceria da Prefeitura de Belo Horizonte, Federação das Associações de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado de Minas Gerais (Femicro-MG), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

 

“Queremos atrair os jovens para nossa política de desenvolvimento territorial, atuando de maneira intersetorial com a Coordenadoria da Juventude”, ressalta o secretário municipal de Desenvolvimento, Daniel Nepomuceno. “Com as redes sociais e as novas tecnologias mais acessíveis, os jovens atualmente estão ligados em tudo que acontece no mundo. Com isso eles podem, inclusive, ajudar os microempreendedores já estabelecidos, trazendo uma visão mais atual aos negócios, identificando novos consumidores e promovendo os produtos e serviços”, completa Bruno Miranda, titular da Secretaria Municipal Adjunta de Desenvolvimento Econômico (SMADE).

 

A ideia é mobilizar mais jovens para participar das atividades do BH Negócios já realizadas nas regionais. Entre elas, o Café com Negócios – uma reunião de sensibilização em que microempreendedores que já participam do projeto dão seu testemunho sobre seu aprendizado e crescimento dos negócios depois que começaram a participar da iniciativa.

 

Também está em pauta a realização de um evento específico para o público jovem. “Esta é uma demanda deles”, afirma Vítor Diniz, coordenador municipal da Juventude. “Mais do que gerar emprego e renda, trata-se de fortalecer o protagonismo juvenil e trazer um novo fôlego para as políticas do setor, mostrando para a sociedade o poder de renovação do jovem também na economia”. Nas discussões sobre esta iniciativa, também participaram o presidente da Femicro-MG, Márcio Kilson, acompanhado de um grupo de Agentes de Desenvolvimento que atuam no projeto BH Negócios, além de Maria Angélica Lins de Cerqueira, gerente de Suporte às Ações de Apoio e fomento às Micro e Pequenas Empresas e Camilla Vieira, gerente de Promoção e Atração de Investimentos, ambas da SMADE.

 

Como funciona o BH Negócios: Pequenos empreendedores como comerciantes, artesãos, cabeleireiros e outros prestadores de serviços são atendidos gratuitamente na própria região em que desenvolvem suas atividades. O ponto de referência do projeto nessas comunidades é o CRAS - Centro de Referência de Assistência Social. Uma equipe de Agentes de Desenvolvimento, geralmente recrutados na própria comunidade, visita os empreendedores para conhecer suas necessidades e colaborar para o desenvolvimento de seus negócios. De acordo com as informações coletadas, é elaborado um Plano de Trabalho personalizado. Em seguida, são realizadas as capacitações de gestão empresarial e, se o empreendedor desejar, sua formalização como Micro Empreendedor Individual - MEI.