Pular para o conteúdo principal

Mais de trinta pessoas em parque com as mãos levantadas fazendo movimentos de Liang Gong
Foto: Divulgação PBH

Lian Gong completa 10 anos com reunião de 5 mil praticantes

13/09/2017 | 16:57 | atualizado em 15/09/2017 | 12:59

O Lian Gong em 18 Terapias, prática corporal fundamentada na Medicina Tradicional Chinesa, completa em 2017, em Belo Horizonte, 10 anos de prática no Sistema Único de Saúde (SUS-BH). A comemoração será no próximo dia 16 de setembro, a partir das 7h30, na Arena Independência, com uma grande aula que reunirá cerca de 5 mil alunos. A ginástica oriental é especialmente desenvolvida para prevenir e tratar de dores no corpo.
 

“A comemoração dos 10 anos de Lian Gong mostrará os avanços nas ações de Promoção da Saúde no SUS-BH através da participação alegre e entusiasmada do público que se beneficia desta prática”, explica a coordenadora do Programa Lian Gong em 18 Terapias, Luzia Toyoko Hanashiro. De acordo com a coordenadora, os praticantes terão a oportunidade de apresentar, num grande congraçamento, o quanto a prática de repercutiu em maior qualidade de vida, com a transformação do modo de viver focado na Saúde e não na doença.
 

A comemoração tem início às 8h30, com apresentação da Academia da Cidade. Na sequência serão realizadas homenagens para Luzia Hanshiro, coordenadora do Lian Gong da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), para Vânia Duarte, referência técnica da prática na SMSA, Maria Lúcia Lee, presidente de honra da Associação Brasileira de Lian Gong e responsável pela introdução da prática no Brasil, e ainda Maristela Botelho, presidente da Associação Brasileira de Lian Gong e responsável pela introdução da prática de Lian Gong. Após as homenagens, às 9h30, será realizada uma aula de Lian Gong.
 

A atividade é oferecida nos Centros de Saúde e também em Academias da Cidade e outros equipamentos públicos da prefeitura (CRAS, Centros Culturais), além de espaços como Associações de bairro, salões paroquiais, praças e parques.
 

A ginástica enfatiza a abordagem do ser humano que interage o corpo e a mente e o integra com a natureza; melhora o funcionamento dos órgãos internos; estimula a percepção dos sentidos; trabalha as emoções e busca o prolongamento da vida com qualidade.
 

O Lian Gong em 18 Terapias foi introduzido no Brasil em 1987 pela professora Maria Lúcia Lee, responsável pela tradução e supervisão da literatura existente sobre o Lian Gong em 18 terapias. Em Belo Horizonte, a prática teve início em 2007 como atividade integrante da Estratégia de Saúde da Família e como ação importante na Promoção da Saúde. As aulas são gratuitas, oferecidas pela Prefeitura de Belo Horizonte. Atualmente o Lian Gong conta com 255 instrutores oferecendo a ginástica terapêutica em 196 espaços da cidade, totalizando mais de 10 mil praticantes.
 

Os praticantes relataram melhoras no equilíbrio e mobilidade, melhora na qualidade do sono, maior disposição para execução das tarefas do cotidiano, estímulo ao autocuidado, maior responsabilização pela saúde, maior socialização, maior protagonismo e empoderamento. As mudanças no comportamento promovem o abandono do lugar da doença e da queixa para valorizar a saúde através desta ação de Promoção da qualidade de vida.
 

Para mais informações sobre onde o Lian Gong é oferecido, acesse este link.

Últimas Notícias

Cadastro de ambulantes para o Carnaval começa dia 27/11

Segunda-feira, dia 27 de novembro, é a data de início do cadastro de ambulantes para o Carnaval de Belo Horizonte 2018. 

23/11/2017 | 18:35

Feira da Afonso Pena ganha uma hora a mais de funcionamento

A Feira de Artes e Artesanato da avenida Afonso Pena vai funcionar até o fim do ano com horário estendido, das 8h até as 15h. 

21/11/2017 | 18:23