Pular para o conteúdo principal

A atriz Juçara Costa encena a peça "A Taça da Ira"
Foto: Divulgação

Leitura dramática debate propostas de montagens no Marília

07/07/2017 | 16:07 | atualizado em 31/08/2017 | 13:36

A Fundação Municipal de Cultura (FMC) apresenta na próxima terça-feira, dia 11 de julho, às 20h, no Teatro Marília, a leitura dramática “A Taça da Ira”, com direção de Kalluh Araújo. A apresentação integra o projeto “Ciclo de Leituras Dramáticas – Proposta de Montagem” promovido pelo Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado de Minas Gerais (SATED/MG), com apoio da FMC e do Instituto Mineiro de Crítica de Arte. A entrada é gratuita.

 

O “Ciclo de Leituras Dramáticas – Proposta de Montagem” tem como objetivo a divulgação de textos e ideias inéditas de montagem de espetáculos. A proposta é que após as apresentações das leituras, os profissionais das artes cênicas e seu público discutam as propostas de montagem com potencial de integrarem a agenda artística profissional da cidade, gerando postos de trabalhos para artistas e técnicos.

 

O projeto também pretende se desdobrar em propostas específicas para a faixa etária de 12 a 18 anos, quando jovens poderão expor suas ideias a produtores e diretores profissionais experientes e tornar seus sonhos criativos possíveis.

 

O espetáculo “A Taça da Ira” foi escrita por Kalluh Araújo como uma homenagem ao teatro da palavra e da construção cênica linear. Uma brincadeira exploratória com as palavras, inspirada em grandes textos das décadas de 1930 a 1950. A peça conta a história de uma mulher madura que através dos tempos de solidão se deixa corromper pela insanidade mental, criando uma realidade paralela para conseguir viver, ou sobreviver, em meio ao caos de suas memórias.

 

Leitura Dramática: A Taça da Ira

Dia 11 de julho | terça-feira | às 20h

Teatro Marília (Av. Alfredo Balena, 586, Santa Efigênia)

ENTRADA GRATUITA

Informações para o público: (31) 3277-6319