Pular para o conteúdo principal

Vista aérea da avenida Cristiano Machado, durante o dia.
Foto: Divulgação PBH

Inscrições para o Laboratório Aberto continuam abertas

04/03/2021 | 15:49 | atualizado em 04/03/2021 | 18:29

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico busca parceiros para desenvolver e implantar modelos de Cidades Inteligentes ou que contribuam para minimizar o contágio ou acelerar a recuperação dos impactos causados pela pandemia de Covid-19.

 

O Chamamento Público do Laboratório Aberto foi iniciado em 2017 e atualizado em 2020, considerando o contexto da pandemia de Covid-19. O objetivo é buscar, junto ao mercado, soluções que possam tornar Belo Horizonte uma cidade mais inteligente, eficiente e inclusiva, contribuindo para o enfrentamento da pandemia e para o desenvolvimento econômico local.

           

A relação com o Município poderá se dar por meio de:

 

  • Fornecimento de prestação de serviços técnicos especializados, incluindo neste contexto a formulação de modelos de desenvolvimento econômico e/ou tecnológico local;
  • Doação, cessão ou comodato de bens móveis, compreendendo, neste contexto, equipamentos, hardware e softwares, bem como quaisquer outros itens necessários à implantação e operacionalização das soluções propostas;
  • Prestação de serviços de instalação, desenvolvimento, implantação, customização, assistência técnica, garantia, suporte, operação assistida, manutenções corretivas e evolutivas, bem como outros serviços necessários ao pleno funcionamento das soluções;
  • Fornecimento de prestação de serviços técnicos especializados, incluindo plataformas tecnológicas, para a estruturação de soluções e modelos que contribuam para minimizar o contágio e/ou acelerar a recuperação dos impactos causados pela pandemia de Covid-19. 

 

Podem participar do Chamamento Público qualquer pessoa física, nacional ou estrangeira em situação regular no país, pessoa jurídica pública ou privada nacional, consórcio liderado por empresa nacional, grupo de empresas nacionais e/ou grupo de pessoas físicas nacionais ou estrangeiras em situação regular no país, desde que apresentados os documentos exigidos no Edital.

 

Segundo a subsecretária de Desenvolvimento Econômico, Cristiane Serpa, “o laboratório aberto é uma ferramenta de inovação e tecnologia para aproximar a iniciativa privada, bem como os startups e o ecossistema da informação, à gestão pública e as necessidades do cidadão, seja no contexto da pandemia ou do desenvolvimento econômico da capital”. O Edital está aberto em caráter permanente e pode ser acessado no portal da Prefeitura.