Pular para o conteúdo principal

Hospital Odilon Behrens participa de projeto de reabilitação de pacientes
Foto: Divulgação/PBH

Hospital Odilon Behrens participa de projeto de reabilitação de pacientes

criado em 04/10/2022 - atualizado em 04/10/2022 | 16:33

O Hospital Metropolitano Odilon Behrens (HOB), de gestão da Prefeitura de Belo Horizonte, foi escolhido para participar de um projeto de reabilitação de pacientes de longa internação, realizado pelo Hospital Sírio-Libanês, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), do Ministério da Saúde. Iniciado em 2020, o projeto focava especificamente na recuperação de pacientes internados pela Covid-19. Nesta nova fase, está sendo ampliado para pacientes com internação prolongada por diversas causas.

No HOB o projeto piloto será implantado na enfermaria da Clínica Médica, que conta com 57 leitos. Para a fase de diagnóstico, o hospital recebeu duas consultoras do Hospital Sírio Libanês que, em conjunto com os gerentes, coordenadores e equipe multiprofissional da Clínica Médica, da Unidade de Cuidados Intensivos Adulto (UCIA), do Núcleo de Segurança do Paciente e da Comissão Interna de Controle de Infecções Hospitalares (CCIH) discutiram o perfil de atendimento, identificando as características e demandas dos pacientes de longa permanência, as principais necessidades de reabilitação e os serviços que mais demandam durante o cuidado.

O projeto vai até dezembro de 2022, e tem como principais objetivos aumentar a rotatividade de leitos nas UTIs e enfermarias; apoiar as equipes dos hospitais na melhoria dos processos e na definição dos protocolos, identificar fluxos mais apropriados para alta segura com redução da permanência hospitalar; aprimorar e atualizar o conhecimento das equipes para alcançar a recuperação e reabilitação do paciente, em particular daqueles egressos da terapia intensiva, possibilitando seu retorno ao convívio familiar com maior agilidade.

A Superintendente do Complexo Hospitalar Odilon Behrens, Ana Augusta Pires Coutinho, avalia que esta é mais uma oportunidade para o HOB agregar conhecimento e seguir melhorando os processos de cuidado com o paciente.  “O HOB já participou de vários projetos do PROADI-SUS e sempre obteve ótimos resultados para os pacientes, familiares e trabalhadores. Ser escolhido para ser um dos cinco hospitais no país que participarão do projeto nos deixou felizes e honrados. O HOB certamente terá muito a ganhar e contribuir com esse trabalho”, avaliou.