Pular para o conteúdo principal

Duas crianças alunas de escola municipal tocam violão; ao lado, guardas municipais tocam outros instrumentos.
Foto: Divulgação PBH

Guarda Municipal forma 2ª turma do Projeto Adote um Músico

28/11/2017 | 18:39 | atualizado em 21/03/2018 | 13:37

A Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH) realizou nesta terça-feira, dia 28 de novembro, a cerimônia de formatura de 22 alunos da 2ª edição do Projeto Adote um Músico. Desenvolvido pela Banda de Música da GMBH, o projeto tem o objetivo de ofertar o ensino de música em escolas com altos índices de vulnerabilidade social. Neste ano, o programa foi realizado na Escola Municipal Dom Orione.

 

Durante nove meses, os alunos estudaram teoria musical, aprenderam técnicas de canto, flauta doce, violão e teclado. O programa é conduzido por agentes da Banda da Guarda Municipal que possuem qualificação superior em pedagogia e música.

 

Durante o evento, os formandos apresentaram o Primeiro Movimento da 9ª Sinfonia de Beethoven e cantaram, em formação de coral, a música “Raridade”, do artista gospel Anderson Freire. Ao final, o aluno Luiz Miguel, de 11 anos, apresentou um número solo da canção “Fur Elise”, de Beethoven, no teclado.

 

O Secretário Municipal de Segurança e prevenção, Genilson Zeferino, destacou que as ações como o Projeto Adote um Músico são fundamentais para um novo modelo de segurança pública. Para Diretora da Escola Municipal Dom Orione, Fátima Anselmo, o projeto é uma ação inteligente de Segurança Pública. “Quando a escola foi selecionada, fiquei muito feliz e penso que essa estratégia da Banda é uma boa ferramenta de combate à violência”, disse.

 

A próxima fase do projeto começa em fevereiro de 2018, com a seleção de outra escola. Em 2016, 20 alunos realizam o curso básico de música na Escola Ignácio de Andrade Melo, no bairro São José, na região da Pampulha.

 

Participaram da festa o Comandante da Guarda Municipal de Belo Horizonte, Rodrigo Prates, o Subcomandante da GMBH, Nedson Moreira e o coordenador do Lar dos Meninos Dom Orione, Padre José Carlos de Rezende.