Pular para o conteúdo principal

Informações da Prefeitura sobre o Covid-19
Foto: Arte PBH

Guarda Municipal faz abordagens educativas contra Covid nas estações de ônibus

03/07/2020 | 17:25 | atualizado em 06/07/2020 | 17:33

Os agentes da Guarda Municipal de Belo Horizonte incluíram mais uma atribuição em sua rotina de trabalho, voltada para a contenção da pandemia do Coronavírus na capital. Agora, além de realizarem abordagens nos estabelecimentos comerciais para verificar o cumprimento das regras dos decretos em vigor e evitar a aglomeração de pessoas nos espaços públicos e demais locais, eles têm feito abordagens especiais de orientação à população sobre a importância de manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro, de higienizar bem as mãos e de usar as máscaras, em estações de ônibus de Belo Horizonte.

Na manhã desta sexta-feira, dia 3, os guardas municipais estiveram nas estações Diamante, no Barreiro, e em Venda Nova, abordando os passageiros que aguardavam pelos ônibus, utilizando inclusive o alto-falante da viatura para ampliar o poder de alcance das mensagens. “Temos destacado que a conscientização de cada cidadão é a principal arma que temos para combater a proliferação da Covid-19 E quando a pessoa não está utilizando a máscara, entregamos uma para ela”, explica o coordenador-geral de Operações da Guarda Municipal, Júlio César de Freitas.

Os agentes atuam em equipes compostas por quatro guardas cada uma, para se aproximarem dos usuários de ônibus e repassar as dicas, concentrando suas ações nos horários de maior fluxo de passageiros. As abordagens duram em média três minutos, tempo considerado suficiente para passar o recado sem atrapalhar o embarque do público nos coletivos.

A receptividade por parte da população tem sido muito boa, o que motiva a Guarda Municipal a manter a iniciativa, levando-a às demais estações de embarque de ônibus da cidade. “Nossa prioridade continua sendo manter o respeito às regras de funcionamento do comércio por parte dos proprietários dos estabelecimentos da cidade, o que pode ser constatado no balanço de nossas atuações na cidade, mas nem por isso deixamos de lado o nosso papel como polícia comunitária preventiva”, destaca Júlio César de Freitas.


 

Confira o balanço geral dos trabalhos da Guarda Municipal

Desde 20 de março até as 10h desta sexta-feira, dia 3, os guardas municipais realizaram 35.201 abordagens de orientação a comércios, empresas e em espaços públicos da capital. Tais abordagens resultaram no fechamento de 17.413 estabelecimentos que estavam em desacordo com as determinações. No período, um total de 68 alvarás foram recolhidos pela Guarda Municipal.

Desde março, a região que mais demandou o comparecimento dos agentes da Guarda Municipal foi a Centro-Sul (23%), seguida da Oeste (14%), Barreiro (12%), Noroeste (11%), Nordeste (10%), Pampulha (9%), Leste (8%) Venda Nova (7%) e Norte (6%).

As abordagens da Guarda Municipal acontecem durante patrulhas preventivas realizadas todos os dias da semana. A corporação permanece fazendo o monitoramento do comércio e dos espaços públicos de Belo Horizonte para garantir o cumprimento das novas regras, mantendo todo o seu efetivo (composto por 2.064 agentes) nas ruas, dividido em turnos, também para atender às denúncias de descumprimento das regras

 

Denúncias

A população pode denunciar o funcionamento indevido de estabelecimentos ou a existência de aglomerações utilizando o PBH App ou o Portal de Serviços da Prefeitura, ambos integrados ao BH Digital. Tanto no aplicativo, quanto no Portal, os nomes dos serviços são:
 

1. Coronavírus - Denúncia de descumprimento de medidas de prevenção por estabelecimentos autorizados a funcionar.

2. Denúncias de aglomeração em salões de festas comercial.

 

 


Últimas Notícias

Realização do evento cultura Sound System Circuito em Casa reúne 20 atrações culturais em uma semana

O Circuito encerra a sua programação de julho e já inicia a de agosto com 20 diferentes atrações.

27/07/2020 | 17:32
Informações sobre a Covid-19 Mais de 3,5 mil pessoas são abordadas desde a lei que obriga o uso de máscaras

Entre os cidadãos abordados, 1.606 estavam devidamente equipados e outros 1.925 estavam em desacordo com a legislação.

21/07/2020 | 14:48