Pular para o conteúdo principal

auditório lotado de diretores e vice-diretores em curso de formação
Foto: Arquivos SMED

Gestores de escolas e Umeis participam de formação na SMED

22/01/2018 | 10:29 | atualizado em 22/01/2018 | 10:37

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) de Belo Horizonte realizou encontros de formação com os novos diretores e vice-diretores das escolas municipais e vice-diretores das Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis), das nove Diretorias Regionais, eleitos pela comunidade escolar, em dezembro de 2017, e que assumiram a gestão das unidades escolares a partir de 1º de janeiro deste ano. Os encontros foram realizados ao longo da semana e terminaram nessa quinta-feira (18/01).


A formação teve como objetivo promover a reflexão sobre os processos de gestão escolar e a construção do plano de convivência, além de apresentar aos novos gestores importantes orientações para o ano letivo de 2018, que tem início no dia 5 de fevereiro. Ao longo da semana, os novos gestores puderam perguntar e tirar dúvidas sobre assuntos relacionados, por exemplo, à educação infantil, ao ensino fundamental e às questões administrativo-financeira das escolas e das Umeis. 


“O encontro foi uma oportunidade para dar as boas vindas aos novos diretores e vice-diretores e, também, um momento para compartilhar com a nova gestão das escolas e Umeis assuntos importantes que estão sendo pensados e estudados para 2018. Queremos ouvir os nossos diretores, nossos professores de maneira que possamos construir juntos esse planejamento”, afirmou a secretária municipal de Educação, Ângela Dalben.


A vice-diretora da Escola Municipal Monsenhor João Rodrigues de Oliveira, localizada na Região Leste, participou da formação na terça-feira (16/01). Ela avaliou de forma positiva o encontro. “Encontrei na formação um ponto alto que atende às várias necessidades, não só da minha escola. Esses encontros, essas reuniões são de grande importância. Não podem deixar de acontecer no decorrer do ano e da gestão”, defendeu.


Édila Caetano é diretora da Escola Municipal Doutor Júlio Soares e também participou da formação. “A formação no primeiro dia foi ótimo, porque foi um encontro. Importante saber quem são esses gestores que estão iniciando. Tem os reeleitos, mas tem muitas pessoas novas”, ressaltou.


Primeira semana de formação

Entre os dias 9 e 12 de dezembro, os diretores e vice-diretores das escolas municipais e os vice-diretores das Umeis também estiveram reunidos na Smed. Na oportunidade, os novos gestores foram recebidos pela secretária e, divididos em grupos, passaram o dia envolvidos em atividades, dinâmicas e iniciativas que trabalharam questões relacionadas à gestão democrática, ao clima e organização escolar.


Para Daisy Miranda de Almeida, diretora eleita da Escola Municipal Sérgio Miranda, na regional Norte, o encontro foi positivo, e a ideia é levar e colocar em prática na escola conceitos que foram trabalhados no encontro. “Nós tivemos um bate-papo, uma troca de experiências, momentos de dinâmica em grupo. Eu achei que foi muito importante a gente trocar alguns momentos de experiência e falar das nossas expectativas para esse triênio de trabalho”, destacou.


A vice-diretora da Umei Santa Isabel, Mariana Félix, na regional Centro-Sul, elogiou a iniciativa. Ela, que já esteve à frente da direção da unidade em anos anteriores e agora está retornando à direção, falou da importância do momento. “Primeiro, a gente se sente acolhido. É bom a gente se encontrar com os colegas, dividir experiências, dividir as dificuldades que enfrentamos e sentir que a gente está sendo ouvido”, afirmou.


Processo eleitoral

O processo eleitoral para a escolha dos novos gestores ocorreu nas unidades escolares em dezembro de 2017 e contou com a participação da comunidade escolar. Muitos diretores e vices foram reeleitos, outros estão voltando para o cargo de gestão, além dos que assumem o cargo pela primeira vez. Os novos diretores e vice-diretores foram eleitos para o triênio 2018-2020.


O processo de votação foi organizado em cada uma das escolas municipais e Umeis de Belo Horizonte e envolveu toda a comunidade escolar. Puderam votar nos candidatos os pais ou responsáveis e os alunos maiores de 16 anos, desde que regularmente matriculados até 30 dias anteriores ao da eleição. A votação também foi aberta a todos os servidores em exercício na unidade. Todos os votantes tiveram direito a apenas um voto. Todas as informações que regulamentaram o processo eleitoral nas escolas municipais e nas Umeis constam na Portaria nº281/2017 publicada no Diário Oficial do Município (DOM).