Pular para o conteúdo principal

A Fiscalização está nas ruas para garantir o cumprimento do Código de Posturas

criado em 02/03/2019 - atualizado em 07/03/2019 | 11:45

A Subsecretaria de Fiscalização escalou cerca de 250 fiscais da Prefeitura e 270 agentes de campo para trabalhar durante o período de Carnaval, entre 16 de fevereiro a 10 de março. A atuação desses profissionais visa a realizar ações preventivas e educativas em relação a eventos realizados no logradouro público sem a autorização do Município, coibir os ambulantes irregulares e evitar que os credenciados fixem em um ponto, de forma a garantir uma melhor fluidez dos blocos e do trânsito.

 

Na quinta-feira, dia 28, o trabalho da Fiscalização contou com um efetivo de cerca de 100 pessoas, entre fiscais e auxiliares, com atuação no Centro de Operações da Prefeitura (COP-BH) e em campo. Durante a ação, foram realizadas aproximadamente 55 ações preventivas, que incluem a utilização de caçambas e o estacionamento de veículos de lanches rápidos em locais irregulares, colocação de mesas e cadeiras no passeio sem licença e a dispersão de ambulantes após o término do desfile, entre outros.

 

Na sexta-feira, dia 1º, houve um aumento no efetivo. Cerca de 270 pessoas, entre fiscais e auxiliares, com atuação no Centro de Operações da Prefeitura (COP-BH) e em campo atuaram nas ruas. Aproximadamente 70 ações preventivas foram realizadas. Além disso, houve uma remoção de caçamba e dois eventos foram interditados por falta de licenciamento.