Pular para o conteúdo principal

Cinco mulheres quadrinistas desenham em quadro negro.
Foto: Ricardo Laf/PBH

Exposição “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas” abre Festival de Quadrinhos

22/05/2018 | 19:29 | atualizado em 13/06/2018 | 16:38

Integrante da programação do Festival Internacional de Quadrinhos, a exposição “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas” foi aberta na manhã de ontem, 22, durante a coletiva de imprensa do FIQ BH 2018, momento em que foi anunciada também a programação completa do festival que pode ser acessada no site do FIQ. A abertura oficial do FIQ será realizada no dia 30 de maio e as atividades se estendem até 3 de junho, na Serraria Souza Pinto.

 

“Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas” é uma parceria da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura com a Casa Fiat de Cultura, que abriga a exposição até 29 de julho. Estiveram presentes na abertura o presidente da Casa Fiat de Cultura, José Eduardo de Lima Pereira, o secretário municipal de cultura, Juca Ferreira, o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Romulo Avelar, o coordenador geral do FIQ, Afonso Andrade, e os curadores Fabiano Azevedo, Daniel Werneck e Carol Rossetti.

Na programação, estão mais de 146 quadrinistas convidados, sendo oito internacionais e 34 nacionais, de todas as regiões do Brasil. De Belo Horizonte, 104 artistas apresentam seus trabalhos e participam das atividades do FIQ que, neste ano, faz uma homenagem a Érica Awano, profissional de destaque entre quadrinistas brasileiros, com reconhecida projeção internacional.

“O FIQ abre o calendário de festivais realizados pela FMC e pela SMC e vem com uma programação robusta, aproximando o festival de outras linguagens como a animação e os jogos, abrindo novas possibilidades de interação e construção de campos de criação. Com o FIQ, damos início também à realização dos eventos já esperados pela cidade”, afirma Juca Ferreira.

 

 

Inarredáveis

Com sete obras significativas da carreira de 12 artistas de Belo Horizonte, a exposição “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas” realça a presença das mulheres no mundo dos quadrinhos, marcado, tradicionalmente, pela predominância masculina. Os temas dos trabalhados vão desde a vida cotidiana, passando pela defesa do movimento feminista, até histórias fantásticas com personagens imaginados pelas quadrinistas. As técnicas variam entre manual (aquarela, nanquim, lápis de cor, pastel seco e guache), digital e mista.

 

“Essas artistas nos fazem vê-las e reconhecê-las. São mulheres que estão fincando seus pés nos quadrinhos, mundo tão dominado pelos homens. Agora, elas também mostram as suas visões e os seus desejos. Com paciência e firmeza, fizeram-se inarredáveis. Já era tempo! Afinal, quando uma menina vê uma mulher inarredável, ela já sabe o que ser quando crescer”, afirma a quadrinista e uma das curadoras da exposição, Ana Koehler.

 

A exposição traz mais de 80 obras criadas por Aline Lemos, Ana Cardoso, Bianca Reis, Carol Rossetti, Chantal, Ina Gouveia, Julhelena, Laura Athayde, Lu Cafaggi, Rebeca Prado, Sophie Silva e Virgínia Fróes. Durante a abertura, as quadrinistas realizaram uma performance conjunta, desenhando em uma das paredes da galeria.

 

 

Exposição: Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas na Casa Fiat de Cultura

22 de maio a 29 de julho de 2018

Terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h