Pular para o conteúdo principal

Evento apresenta experiências de programa de trabalho protegido
Foto: Divulgação/PBH

Evento apresenta experiências de programa de trabalho protegido

criado em 26/10/2021 - atualizado em 26/10/2021 | 18:07

A  Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania realizou, na manhã desta terça-feira, dia  26, o seminário virtual "Descubra! - Novos Caminhos da Aprendizagem Profissional no Acolhimento Institucional”. O evento virtual apresentou as propostas e experiências positivas do Programa Descubra!, criado em 2019 e que tem a PBH como parceira. 

Especialistas, ativistas e jovens que foram beneficiados pelo Programa Descubra! apresentaram suas perspectivas em duas mesas de discussão que abordaram o incentivo à aprendizagem no Serviço de Acolhimento Institucional para adolescentes e jovens no município e experiências na garantia do trabalho protegido e de qualificação profissional.
 
Desde a criação do Programa, 241 adolescentes e jovens tiveram oportunidades alcançadas pelo Programa Descubra. Um deles foi o jovem José Mário da Silva, hoje com 18 anos, já acolhido na Unidade Casa dos Anjos, que compartilhou a experiência no evento. “Eu percebo que, antes desse programa, era difícil entrar no quadro de trabalhadores das empresas. O Descubra! foi quebrando muito a visão equivocada que a sociedade ainda tem de jovens com passagem pelo acolhimento institucional e me trouxe uma oportunidade que dificilmente eu teria. Estamos conquistando nosso lugar no mundo”, narrou. Os jovens Lucas Magalhães, acolhido na Unidade Casa dos Anjos, e Quézia de Oliveira, acolhida na Unidade Casa Esperança VI, também compartilharam suas vivências.
 
Ao longo da manhã, atores importantes no planejamento, concepção e execução do programa também trouxeram suas contribuições sobre o programa. Promotor de Justiça e membro do Comitê Gestor do Programa Descubra!, Márcio Rogério de Oliveira contou sobre o processo de criação do programa e celebrou os frutos. “O Programa Descubra surge como uma grande cooperação. É um programa que ‘elege’ os adolescentes para que possamos acolhê-los e dar a eles a oportunidade de acesso e a condição de permanência e sucesso na profissionalização. Estamos aprendendo diariamente com este programa”, conta. 
 
A Secretária de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania de Belo Horizonte, Maíra Colares, destacou a importância de ações estratégias como o Programa Descubra!, conduzidas pelo poder público. “A Prefeitura manifesta seu compromisso com esta agenda, sobretudo nas estratégias conjuntas para erradicação do trabalho infantil e proteção ao adolescente trabalhador. É necessário mencionar que essa estratégia vem sendo materializada nos últimos anos por meio de diversas ações, programas e serviços do município e temos voltado cada vez mais nosso esforços para enfrentar estes fenômenos”, conclui. 
 
Em sua exposição, a procuradora do Ministério Público do Trabalho de Minas Gerais, Luciana Coutinho, apresentou a importância da união dos esforços para o êxito de programas como o Descubra!. “É muito importante que tenhamos momentos como este. O Descubra! é uma alternativa de trabalho protegido e, nós do MPT, combatemos o trabalho infantil, o trabalho irregular, o trabalho antes da idade protegida para adolescentes, mas sabemos que parcela dos nossos adolescentes precisam deste trabalho e trabalhamos para que ele seja feito de forma digna. É muito positivo ver tantas entidades aqui reunidas olhando para este fenômeno”, comentou.
 
Também participaram do evento o Dr José Honório de Resende, Juiz de Direito da Vara da Infância e da Juventude; Dra. Matilde Fazendeiro Patente, da Promotoria da Infância e Adolescência; Dra. Eden Mattar, da Defensoria Pública de Minas Gerais; Christiane Barros, Auditora Fiscal do Trabalho e coordenadora do Projeto de Inserção de Aprendizes no Trabalho e atual coordenadora do Comitê Gestor do Programa; José Crus, Secretário Adjunto e Subsecretário de Assistência Social; João Paulo Mariano Domingues, coordenador e pedagogo no Programa Jovem Independente; Mário Henrique Barreto; Alcione Valéria Durães, pedagoga com mais de 20 anos de experiência na área social e Adriano Bandini, especialista em Diversidade no Banco Itaú. A medição do evento foi feita por Régis Spíndola, Diretor de Proteção Especial Social do SUAS, e Enrico Braga, coordenador do Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes da Prefeitura de Belo Horizonte.
 
O evento está disponível no Youtube.
 
Descubra!

A ideia é ampliar a rede de apoio à cidadania por meio da aprendizagem profissional,  oferecendo a oportunidade de uma primeira experiência no mercado formal de trabalho e criando espaços efetivos de integração social e educacional para os adolescentes e jovens que integram o público prioritário do “Descubra!”. O programa tem como prioridade jovens e adolescentes que estão em acolhimento institucional, em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto e fechado, bem como egressos do trabalho infantil. 
 
A PBH compõe um dos elos dessa estratégia na promoção de articulações junto aos órgãos de defesa e garantia de direitos da infância e juventude, entidades formadoras e empresas na busca das oportunidades de inclusão de adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade e risco social e pessoal.