Pular para o conteúdo principal

Mulher se apresenta, de pé, ao lado de homem sentado, com violão.
Foto: Divulgação

Espetáculo no Teatro Raul Belém Machado traz contos e canções sobre esperança

24/10/2019 | 20:09 | atualizado em 25/10/2019 | 19:56

A Fundação Municipal de Cultura apresenta, na sexta-feira, dia 25 de outubro, às 19h, no Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado (rua Jauá, 80 - Alípio de Melo), o espetáculo “Ode à Esperança”, do grupo Abrapalavra, fundado pelos artistas e pesquisadores Aline Cântia e Chicó do Céu. A entrada é gratuita. “Ode à Esperança” é resultado de um trabalho de pesquisa realizado pelo grupo Abrapalavra a partir de experiências, contos orais, relatos, canções, crenças, modos de vida e linguagem que trazem o universo simbólico e as representações populares construídas em torno da esperança. 

 

Tecendo fios da ancestralidade e da literatura contemporânea, o espetáculo forma um cordão imaginário de narrativas que contam sobre horizontes que se descortinam e fazem um convite aos novos caminhos. São obras de referência do repertório: “O Dom da História”, “Mulheres que Correm com Lobos” e “Ciranda das Mulheres Sábias”, de Clarissa Pinkola Estés; a vida e a obra de Maya Angelou; “A Palavra do Contador de Histórias”, de Gislayne Matos; e “Histórias das Avós - Contos da mulher sábia de várias culturas”, de Burleigh Muten.

 

 

Abrapalavra

Arte, educação e memória social formam o tripé dos projetos realizados pelo Instituto Cultural Abrapalavra. Aline Cântia é narradora de histórias, formada em Jornalismo, Mestre em Estudos Literários Universidade Federal de Minas Gerais e Doutora em Educação Popular e Práticas do Cotidiano (UFF-RJ). Fez apresentações e ministrou oficinas em importantes festivais e instituições em diversos países. Possui cinco discos de narração e música. Mais informações para o público pelo telefone (31) 3277-6437.