Pular para o conteúdo principal

Estudantes posicionados no pátio da escola para ouvirem o hino nacional.
Foto: E.M. Dom Orione

Escola da Pampulha incentiva o resgate de valores cívicos

06/06/2017 | 14:32 | atualizado em 06/06/2017 | 17:56

Com o objetivo de incentivar o resgate de valores cívicos na comunidade escolar, a Escola Municipal Dom Orione, localizada no bairro Ouro Preto, implementou, desde o início deste ano, o projeto institucional Momento Cívico na EMDO que, dentre outros atos, está criando o hábito de se executar o Hino Nacional em momentos como reuniões de pais, assembleias escolares, abertura de eventos e, mensalmente, com horários já agendados no calendário escolar.  

 

O projeto Momento Cívico na EMDO é uma iniciativa da direção da escola, com o apoio da coordenação pedagógica e a participação de todos os segmentos da comunidade escolar, ou seja, professores, funcionários e estudantes. Em sala de aula, os professores conscientizam os alunos sobre a postura correta ao ouvirem o hino nacional e a importância de respeitá-lo como símbolo da pátria, dando ênfase ao exercício da cidadania, ao respeito e à liberdade de expressão. Uma vez por mês, pela manhã, uma turma desce para o pátio, acompanhada pelo professor, para hastear a bandeira. As outras turmas permanecem em sala em posição de sentido, enquanto são tocados o hino nacional e o da escola. Assim, além de aprenderem a cantar o hino nacional, os estudantes compreendem também a importância do respeito à pátria e aos valores cívicos.

 

Estudante do 5º ano, João Miranda Marabá, 10 anos, aprovou: “Eu acho bom o Momento Cívico porque a nossa escola e o Brasil comemoram todas as conquistas, tudo que ele passou. A gente aprende a cantar o hino, a ter respeito pelo Brasil. As professoras ensinam a posição correta. Eu acho que a cada Momento Cívico, mais colegas estão aprendendo a ter respeito pelo hino e pela bandeira do Brasil.”

 

A Coordenadora pedagógica Danusa Campos acredita que, em pouco tempo, virão os resultados positivos desta prática: “É necessário resgatar em todo o povo brasileiro o amor e o respeito à pátria. Diante de tanta crise e desrespeito ao país por parte dos governantes, é urgente a necessidade de conquistar o espírito patriota do povo brasileiro”. Para a diretora Fátima Anselmo, o civismo é parte do ato de educar, por isso é preciso promover ações que incentivem esta prática: “Muito se fala da falta de civismo em nosso país. Este projeto é uma forma que pensamos coletivamente para ajudar a resgatar os valores cívicos em nossas crianças e adolescentes”, disse.

Estudantes preparados para o momento do hino nacional.
Estudantes preparados para o momento do hino nacional.
Estudantes seguram as bandeiras do Brasil, de Minas Gerais e da Prefeitura de Belo Horizonte.
Estudantes seguram as bandeiras do Brasil, de Minas Gerais e da Prefeitura de Belo Horizonte.
Estudantes em posição de sentido ouvem o hino nacional.
Estudantes em posição de sentido ouvem o hino nacional.
Estudantes no auditório da escola ouvem o hino nacional.
Estudantes no auditório da escola ouvem o hino nacional.
Estudante em posição de respeito enquanto ouve o hino nacional na abertura de evento no auditório.
Estudante em posição de respeito enquanto ouve o hino nacional na abertura de evento no auditório.