Pular para o conteúdo principal

Ecoteca da Prefeitura é reativada em novo espaço
Foto: Divulgação/PBH

Ecoteca da Prefeitura é reativada em novo espaço

criado em 31/01/2022 - atualizado em 31/01/2022 | 18:53

Belo Horizonte conta com uma biblioteca especializada em temas ambientais e da história da nossa cidade, que acaba de ser revitalizada e ganhar um espaço totalmente novo. Trata-se da Ecoteca da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, um ambiente educativo e integrado, que propicia a interligação entre cultura, educação, cidadania e meio ambiente. A nova sede fica na rua Radialista Ubaldo Ferreira, 20, Castelo, e funciona presencialmente de segundas às sextas-feiras, de 8h30 às12h e de 13h às 16h30. 

Outra novidade da Ecoteca é a expansão do atendimento, que agora passa por uma adaptação também para o modo virtual. Desde a reativação, está sendo desenvolvido um acervo digital com obras Copyleft, que podem ser compartilhadas por e-mail ou WhatsApp. O atendimento online é feito pelo endereço de e-mail ecoteca@pbh.gov.br. 

A ideia do novo espaço deve-se, sobretudo, à localização num complexo que abraça tridimensionalmente os interessados pelas pautas ambientais. O Centro de Educação Ambiental do Programa de Recuperação e Desenvolvimento Ambiental da Bacia da Pampulha (CEA-PROPAM) funciona em um casarão de 1929, construído em uma área verde de 10 mil metros quadrados, no entorno da Bacia Hidrográfica da Pampulha. Além das tradicionais atividades de educação ambiental, o espaço recebe visitas de alunos de escolas de Belo Horizonte e Contagem, que podem visitar a Ecoteca e utilizar o material ali disponível. 

A iniciativa é também uma parte importante da política ambiental da cidade, como aponta o diretor de Gestão Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, Dany Amaral. “Manter esse espaço conservado e possibilitar que ele esteja acessível para as pessoas é uma entrega do município. Temos aqui um acervo especializado em questões ambientais, que vai desde documentos técnico-científicos a documentos históricos que são referência para a cidade em conhecimento ambiental. A manutenção desse material é fundamental para pesquisas futuras, para o conhecimento entre gerações e troca de informações entre a sociedade”, destacou. 

História 

Criada em 1990, a Ecoteca é um espaço para troca de informações sobre temas ambientais por meio de obras literárias e estudos acadêmicos sobre o tema. Seus serviços incluem consulta e empréstimo do acervo de livros, apostilas, periódicos, fitas de vídeo, CDs, slides e cartuns. Além disso, são disponibilizados ao público os trabalhos finais realizados pelos participantes dos cursos “BH Itinerante” e “Educação para o Risco”. 

A partir de 2005, com o reconhecimento do Centro de Extensão em Educação Ambiental da Gerência de Educação Ambiental (Sala Verde), a Ecoteca passou a receber regularmente materiais educativos enviados pelo Ministério do Meio Ambiente. 

Qualquer interessado em pegar material emprestado deve comparecer à Ecoteca apresentando documento de identidade, comprovante de residência, contato telefônico e/ou e-mail. Podem ser retirados até cinco itens físicos, entre livros, CDs e DVDs. Menores de 18 anos devem apresentar, além da documentação, a autorização de um responsável.