Pular para o conteúdo principal

Palhaços interagem tocando os seus narizes
Foto: Divulgação

Domingo recheado de atrações culturais no Lagoa do Nado

17/01/2018 | 08:33 | atualizado em 22/01/2018 | 11:43

A Fundação Municipal de Cultura promove, neste final de semana, o projeto “Domingo Especial de Férias” no Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado. O evento, que acontece no dia 21 de janeiro, começa a partir das 11h e tem como objetivo oferecer ao público momentos de lazer e arte a partir do universo da cultura popular, com jogos, brincadeiras, teatro e circo.

 

Apresentações teatrais da Companhia Bando e da Trupe Gaia, além da inauguração de uma nova exposição fazem parte da programação do evento, que é gratuita. O Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado fica na Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904, Itapoã.

 

Quem abre o dia é a Companhia Bando, que traz o espetáculo de contação de histórias “Abena”, às 11h. Indicada para todas as idades, a peça une teatro e música, fazendo de forma poética uma releitura do mito originário da África Ocidental “O Casamento da Princesa Abena”.

 

Na apresentação, a princesa, que é considerada uma mulher belíssima, ressalta todas as características de sua etnia, estabelecendo um diálogo com o contexto brasileiro. A peça fala da África e reforça a identidade negra no Brasil, mas, por se tratar de uma história mitológica, explica também valores de outras culturas que não são conhecidos. A Companhia Bando é composta por quatro atores e contadores de histórias que investigam o universo dos contos e mitos para transformá-los em espetáculos teatrais.

 

A partir das 15h, é a vez da Trupe Gaia encantar o público com o espetáculo “Palhacita Vai à Praia”. Recheado de cenas cômicas, vários números de malabares, equilibrismo e interação com o público, o espetáculo conta a história da apaixonada Palhacita e seu sonho de conhecer o mar, além do também apaixonado Guga, que tenta aprontar sempre com a Palhacita. A Trupe Gaia é um grupo de artistas de Belo Horizonte, fundado em 2006, que tem como proposta a prática e a difusão da consciência ambiental através das artes circenses e do teatro.

 

 

 

Nova Exposição

Dentro ainda da programação do Domingo Especial de Férias, o Lagoa do Nado inaugura a exposição “Confluências de Raízes: Fé, Tradição e Resistência”. A mostra apresenta parte do acervo da Casa de Caridade Pai Jacob do Oriente, um terreiro de umbanda criado na década de 1960 no tradicional bairro da Lagoinha. Os objetos expostos apresentam como os negros se valeram do sincretismo para manter e conservar a fé em seus guias e orixás, e a interlocução entre outras casas e diversidades religiosas.

 

A exposição também promove uma interação sensorial com os objetos expostos e mostra toda beleza, alegria, sabedoria desse povo que influi vitalmente na formação cultural da cidade e dos povos do nosso país. Para marcar a abertura da exposição, haverá uma roda de conversa, a partir das 15h, com membros da Casa de Caridade Pai Jacob do Oriente sobre o combate ao racismo religioso. O dia 21 de janeiro é marcado como o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.