Pular para o conteúdo principal

Novo endereço da Diretoria de Assistência Social da Regional Nordeste
Foto: Stênio Lima

Diretoria de Assistência Social da Regional Nordeste ganha novo endereço

criado em 06/07/2021 - atualizado em 06/07/2021 | 17:53

Os acompanhamentos e atendimentos socioassistenciais a famílias e indivíduos da regional Nordeste de Belo Horizonte estão em novo endereço, a partir desta terça-feira, 6 de julho. A Diretoria Regional, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e a Coordenação de Proteção Social e Cidadania passam a funcionar na rua Alberto Cintra, 71, no bairro União. A unidade foi entregue aos usuários e trabalhadores em reunião virtual.

A nova sede, instalada em um prédio moderno e adequado às provisões públicas da assistência social, está próxima às diversas vias de fácil acesso na região. O prédio tem sete andares, é acessível e garante privacidade e conforto nos atendimentos, com espaços arejados, iluminados e com ventilação adequada, garantindo também a segurança do atendimento presencial.

Em 2020, os serviços, programas, projetos, benefícios, transferência de renda e Cadastro Único foram organizados de forma presencial, em outras dependências da regional, e remota, tendo em vista a fragilidade das condições de trabalho no imóvel antigo.

No novo espaço, estão organizadas as seguintes ofertas públicas: Transferência de Renda e Cadastro Único para Programas Sociais; Serviço de Proteção Social Básica Regional; Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com Deficiência; Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias Indivíduos (PAEFI), Serviço Especializado em Abordagem Social, Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC) e, Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas Famílias (SPEPDI).

A secretária Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares, sinaliza que o contexto atual apresenta muitos desafios, mas o avanço na política de Assistência Social no município, construído a muitas mãos nos últimos anos, precisa ser celebrado.

“O antigo espaço não colaborava para qualificar o trabalho social nos serviços socioassistenciais. Então, a atuação da equipe foi muito importante, especialmente no período da pandemia, para que não houvesse descontinuidade dos serviços. Celebramos hoje, sem dúvida, um avanço na política e no SUAS em Belo Horizonte. A entrega de uma nova sede não é um processo de vaidade, é um processo de compreensão que, de fato, a estrutura e a forma como a Prefeitura consegue ofertar os serviços são fatores importante para que o trabalhador consiga desenvolver bem suas funções e também para que o usuário seja recebido em um ambiente que favoreça seu processo de desenvolvimento”, conta.

A diretora Regional de Assistência Social - DRAS Nordeste, Simone Pegoretti, aponta as perspectivas de avanço da política nesta nova sede. “Nós desejamos que este espaço físico venha para cumprir uma importante função, de levar proteção social até aquelas pessoas que requerem proteção social dessa política. Este novo espaço é um marco numa escala evolutiva de acesso a direitos. Que neste novo espaço, os(as) usuários(as) e as famílias se sintam ainda mais respeitados, valorizados e com o profundo sentimento de civilidade e cidadania. Que cada metro quadrado, que cada uma e cada um de nós, trabalhadoras(es), atue para tornar essas vidas mais dignas e que elas alcancem a compreensão, através de nossa atuação, de que possuem um valor humano inestimável”, sinalizou.

Representando os trabalhadores da Assistência Social, Marina Lanari, em nome do Fórum Regional de Trabalhadores da regional Nordeste, destacou a luta histórica pela garantia da dignidade de trabalhadores e trabalhadoras, usuários e usuárias e da importância da conclusão deste processo, a partir da nova sede.