Pular para o conteúdo principal

Cidadãos verificam pressão e checam dados de saúde na Rodoviária.
Foto: Divulgação PBH 

Dia de Combate ao Diabetes tem ação na Rodoviária

10/11/2017 | 18:42 | atualizado em 13/11/2017 | 16:31

Com o objetivo de alertar a população sobre os riscos e formas de prevenção, no próximo dia 14 de novembro, será celebrado o Dia Mundial de Combate ao Diabetes. A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), promove, no Terminal Rodoviário, uma série de atividades para chamar a atenção da sociedade as maneiras de evitar, tratar e identificar de forma precoce essa doença. A ação será realizada das 14h às 17h, sendo uma parceria da SMSA com a Sociedade Brasileira de Diabetes, Associação de Diabetes Infantil (ADI) e UNIBH.

 

No local haverá atendimento gratuito à população, com avaliação do risco de se desenvolver o diabetes em 10 anos. Serão oferecidas diversas atividades, como aferição da pressão arterial, medida da glicemia capilar, cálculo de Índice de Massa Corporal (IMC) e orientações nutricionais e sobre a doença, além de dicas para parar de fumar (abordagem breve).

 

Para os diabéticos - e os que apresentarem alto risco de desenvolverem a doença ao serem avaliados - serão realizados testes de glicemia e exame de fundo de olho. O evento conta com apoio do SAMU, UPA Centro Sul e centros de saúde, que serão referência para casos de possíveis encaminhamentos de pacientes que forem identificados com exames alterados.

 

Diabetes

O diabetes, uma doença silenciosa, crônica, que atinge cada vez mais um número maior de pessoas, é caracterizada pelo excesso de glicose no sangue, surgindo quando há defeitos na ação da insulina, na secreção da insulina ou em ambas. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o número de adultos com diabetes quadruplicou em todo o mundo em menos de quatro décadas, chegando a 422 milhões de casos.

No Brasil esta realidade não é diferente, pois o envelhecimento populacional e o aumento da obesidade têm contribuído para o aumento do número de pessoas que desenvolvem diabetes e que ignoram o fato. Atualmente são 3,2 milhões de casos não diagnosticados da doença. Este estudo foi feito pela Federação Internacional de Diabetes, que divulgou o mapa mundial da doença.

Segundo esta pesquisa, o Brasil tem mais de 11,6 milhões diabéticos, 8,7% da população de 20 a 79 anos. No número estimado de doentes, o país ocupa o quarto lugar no ranking, atrás da China, Índia e Estados Unidos. Em Belo Horizonte cerca de 24 mil diabéticos estão cadastrados na Rede SUS-BH como usuários de insulina (5 mil diabéticos tipo I e 19 mil diabéticos tipo II).

 

Dia Mundial de Combate ao Diabetes

14 de novembro – das 14h às 17h

Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro - Praça Rio Branco, 100, Centro.