Pular para o conteúdo principal

Escorado na grade de uma prisão, homem observa uma mulher sentada em um banco
Foto: Rhonan Moreira Neto

Cultura nordestina é tema de peça no Raul Belém machado

16/01/2018 | 09:37 | atualizado em 18/01/2018 | 18:05

O Teatro Raul Belém Machado recebe nos próximos dois finais de semana o espetáculo “Lisbela e o Prisioneiro”, dirigido por Ricardo Batista. Com texto de Osman Lins, a peça retrata a cultura popular nordestina da década de 1940. O espetáculo pode ser visto de 19 a 28 de janeiro, sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 19h. O espetáculo faz parte da 44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, realizada pelo Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc). Os ingressos podem ser adquiridos a R$40,00 (inteira) ou a R$20,00 (meia) na bilheteria do Teatro, ou por R$17,00 nos postos do Sinparc. A bilheteria do teatro não aceita cartões.

 

Sucesso da dramaturgia nacional o espetáculo “Lisbela e o Prisioneiro” têm em seu elenco vários nomes conhecidos em BH. Fernanda Botelho e Fabiano Persi interpretam o jovem casal e, em cena, são acompanhados pelos experientes atores Luciano Luppi, Geraldo Carrato, Pepê Sabará, Fernando Veríssimo, Edu Costa e Rubens Ramalho.

 

Com diálogos nordestinos cheios de comicidade e ternura, o espetáculo promete causar extrema simpatia nos espectadores e também motivar questionamentos morais e sociais de valores que perduram até os dias atuais.

 

 

Sinopse

Sertão nordestino, 1940. A sonhadora Lisbela, filha de Tenente Guedes, delegado de Vitória de Santo Antão, está de casamento marcado com um advogado da cidade, quando se apaixona por Leléu, um incorrigível conquistador, artista mambembe de circo, que está preso pelo excesso de suas paixões. A atração é recíproca e este casal anticonvencional assumirá grandes riscos em nome de sentimentos intensos.

 

 

44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança

Conhecida como um dos eventos mais tradicionais da cena cultural de Belo Horizonte e como a maior ação de popularização das artes cênicas do País, a 44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança acontece em Belo Horizonte de 5 de janeiro a 4 de março. O evento conta com o apoio cultural da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Fundação Municipal de Cultura e Belotur. Serão diversas peças teatrais e musicais voltadas ao público adulto e infantil, em vários palcos da cidade, com ingressos vendidos a preços populares. A programação completa está disponível no site do Simparc.

 

 

“Lisbela e o Prisioneiro” 

De 19 a 28 de janeiro | sextas e sábados, às 20h; domingos, às 19h

Teatro Raul Belém Machado (Rua Leonil Prata, s/nº - em frente à Praça Paulo VI)

Ingressos: R$40,00 (inteira), R$20,00 (meia) e R$17,00 (nos postos Sinparc)

Informações: (31) 3277-6437