Pular para o conteúdo principal

Mãe abraça filho sentada em canteiro com plantas, ao fundo, gramado e uma casa.
Foto: Naara Dias/PBH

Creche conveniada da PBH incentiva alimentação saudável

17/11/2017 | 13:29 | atualizado em 17/11/2017 | 16:25
Um amplo espaço com áreas verdes e horta onde as crianças aprendem desde cedo a importância de uma alimentação saudável e da preservação do meio ambiente. Essa é a Creche Pupileira Ernani Agrícola, localizada no bairro Sagrada Família, região Leste de Belo Horizonte. Atendendo cerca de 300 crianças com idade entre 4 meses e 6 anos, a creche, conveniada da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), desenvolve projetos permanentes voltados para a educação global dos pequenos.

Um deles é o Projeto Horta, com o qual as crianças aprendem a plantar, a colher e a comer alimentos naturais. De acordo com a coordenadora pedagógica, Janaina Cristina Carvalho, a interação que as crianças têm com a horta é total: elas trazem as sementes de casa, levam para sementeira, colocam no canteiro, colhem e comem. 

“Quando percebemos que as crianças tinham dificuldades em comer cenoura, plantamos a leguminosa na nossa horta com elas. Na época de colher, escolhemos formas de usar a cenoura para que elas criassem o hábito de ter o alimento no cardápio. Então fizemos suco de laranja com cenoura, bolo de cenoura. Hoje, elas não ficam sem o legume”, conta Janaína. “Nosso objetivo com a horta é permitir, além da interação com a natureza, uma alimentação saudável com legumes, verduras e frutas.”

Janaína explica que, junto com o Projeto Horta, foram desenvolvidos projetos como o Alimento e o Meio Ambiente, nos quais as crianças aprendem sobre reaproveitamento de cascas e talos de verduras, legumes e frutas na elaboração de sucos, bolos e tortas, e também na compostagem da horta. O reaproveitamento de materiais recicláveis para a fabricação de brinquedos e outros utensílios, além da realização da coleta seletiva e do descarte correto do lixo, são outros ensinamentos praticados dentro da creche.

Segundo a diretora Gabriela Sales de Oliveira, a creche busca maneiras diferentes de educar as crianças, de forma que elas participem ativamente de tudo. “Outra atividade que as crianças gostam muito é a do Supermercado Pupileira, onde tem todo o cenário montado, e frutas de isopor. O objetivo dele é desenvolver a matemática, as formas e as cores das frutas, verduras e legumes”, conta Gabriela. “Buscamos aproveitar da melhor forma possível o espaço que temos para que as crianças tenham contato direto com o meio ambiente”, completa.



Educação e arte

Musicalização e Obras de Arte são também projetos que atraem a atenção das crianças da Creche Pupileira. O primeiro proporciona a elas o contato com a música de uma forma educativa, com foco na melhoria do aspecto cognitivo, da sensibilidade, do ritmo, do acompanhamento, facilitando, inclusive, a aprendizagem nos cálculos. Com o Projeto Obras de Artes, as crianças fazem releituras de obras famosas, como pinturas de Cândido Portinari e Van Gogh, aprimorando, assim, a interpretação de texto, a leitura e a escrita. 

Além disso, todas as salas são repletas de livros, para que as crianças realizem leituras. “O momento de leitura é espontâneo: incentivamos e deixamos que se sintam à vontade para pegar o livro e fazê-la no tempo delas”, afirma Gabriela.
 
A avó de Caio Borges, 4 anos, Elizabeth Rezende Borges, está bem satisfeita com a educação que o neto recebe na creche. “O espaço é excelente, a educação infantil é amplamente trabalhada através da aula de musicalização. Com essa aula notamos uma evolução grande na didática do Caio.”
 
 

17/11/2017. Creche Pupileira. Fotos: Naara Dias/PBH