Pular para o conteúdo principal

Grupo de crianças da rede municipal de educação observa plantio de horta.
Foto: Janete Ribeiro

Comunidade de Venda Nova celebra da semana do Meio Ambiente

12/06/2017 | 15:39 | atualizado em 13/06/2017 | 16:34

A Semana do Meio Ambiente da Regional Venda Nova foi centralizada na região do bairro Lagoa. As atividades tiveram início na sexta-feira, 2 de junho, com uma grafitagem na rua José Paulino Baluarte, bairro Céu Azul, e continuou de 5 a 7 de junho, em vários espaços da região. No CRAS Lagoa (rua José Sabino Maciel, 120), foram expostos os projetos de aquaponia da escola municipal Adauto Lúcio Cardoso e o biodigestor da escola municipal Professor Pedro Guerra, além de exposição fotográfica de atividades socioambientais desenvolvidas no Córrego Capão pelo Núcleo do Capão.

 

Na terça-feira, 6 de junho, a comunidade se reuniu para o segundo abraço do Capão. Atividades como plantio de árvores, limpeza do local, gincana, roda de capoeira marcaram o dia. Foi também o momento da entrega de reivindicações da comunidade sobre o modelo de parque que a comunidade quer para o Parque do Lagoa, localizado dentro do Conjunto Habitacional Lagoa.

 

Na roda de conversa realizada no CRAS Lagoa, a arquiteta e urbanista Priscila Melo apresentou o projeto do parque linear para a bacia do Córrego do Capão. Roseli Correa da Silva, da coordenação do Núcleo Capão, explicou a reivindicação da comunidade pela implantação do Parque do Lagoa. “Este ano resolvemos pontuar uma demanda pela implantação do Parque do Conjunto Habitacional da Lagoa, que já existe, informalmente. Essa demanda surgiu devido à quantidade de nascentes no local. Então, resolvemos realizar essa ação com plantio de árvores, mutirão de limpeza, e criação da placa simbólica. O projeto do Parque Linear para o Córrego do Capão é uma proposta alternativa e mais sustentável para a Via 220”, contou.

 


O Projeto Manuelzão Núcleo do Capão coordenou as atividades em parceria com o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Lagoa, o Espaço Ambiental da gerência de Jardins e Áreas Verdes da Regional Venda Nova, escolas municipais e o Projeto Vida Padre Gailhac, com o objetivo de discutir a implantação do Parque do Lagoa.

Atividades na Matinha

No Espaço Ambiental da Matinha (Rua Água Marinha, 120, bairro Candelária), as atividades ficaram por conta de um roteiro ecológico com alunos da escola municipal Professora Ondina Nobre, sob a coordenação da educadora ambiental Cláudia Barros. Os alunos do 4º ano plantaram mudas de Pau Brasil, com a orientação do engenheiro agrônomo Francisco Sales Araújo, que orientou também plantio de sementes e mudas, com ajuda do auxiliar Adilson dos Santos (Pelé).

Os jovens participaram de contação de estórias, com a bibliotecária Adriana Pedrosa, trilha nos canteiros e hortas, oficina de plantio em espaços alternativos e construção de um jardim vertical. A professora Cláudia Barros recebeu os alunos na quinta e sexta-feira e disse que o espaço está com intensa programação. “Este é o segundo ano em que realizamos eventos na semana do Meio Ambiente. É importante ressaltar o pioneirismo do espaço ambiental que recebe os alunos das escolas da região, realizando um trabalho de conscientização quanto à preservação das nossas áreas verdes. Aqui desenvolvemos o projeto Agente Ambiental Mirim e Juvenil para conscientizar os alunos sobre as suas práticas ambientais, tornando-os multiplicadores na escola, em casa, na rua, onde eles convivem. O Projeto une teoria e prática, o aluno tem uma base teórica e após inicia a prática no espaço da escola”, explicou.

Os alunos participaram ativamente das atividades na Matinha, com entusiasmo de ambientalistas. Maria Antônia Batista, de 9 anos, do 4º ano, está consciente da importância de preservar o Meio Ambiente. “A preservação do Meio Ambiente é muito importante, porque precisamos dele para viver. Cada árvore cortada é um pouco de nós que morre também. Não devemos jogar lixo na natureza, pois polui os rios e o ambiente, em geral”, explicou. E Stefany Kalila de Souza, também de 9 anos, completa. “Se destruirmos as matas, não vamos sobreviver, pois precisamos delas para respirar. A Semana do Meio Ambiente é muito importante para conscientizar as pessoas sobre a preservação da natureza, evitando a sua poluição”, afirmou.

 

 

Grupo de crianças da rede municipal de educação observa plantio de horta.
Grupo de crianças da rede municipal de educação observa plantio de horta.
Orientadora ambiental fala aos alunos em atividade na Matinha
Orientadora ambiental fala aos alunos em atividade na Matinha

Últimas Notícias

Mulher empurra cadeira de rodas com criança; ao lado, atrás, casal passeia em avenida; à esquerda, balão inflável com os dizeres: "BH é da Gente". BH é da Gente tem recreações e Papai Noel no domingo, dia 8/12

Papai Noel receberá a criançada para tirar fotos e receber cartas nas unidades Silva Lobo, das 9h às 10h30, e Savassi, das 11h às 12h30.

05/12/2019 | 17:42
Mapa da orla da Lagoa da Pampulha com o trajeto da XXI Volta Internacional da Pampulha Operação de trânsito e transporte para a Volta da Pampulha, neste domingo, 8/12

O percurso da corrida abrangerá a orla da Pampulha. A concentração será na av. Antônio Abrahão Caram com av. Cel. Oscar Paschoal.

03/12/2019 | 15:40