Pular para o conteúdo principal

Imagem da equipe da SLU
Foto: Divulgação PBH

Comunidade Dandara passa a contar com coleta domiciliar de resíduos

27/11/2020 | 16:11 | atualizado em 27/11/2020 | 16:11

A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) implantou a coleta domiciliar de resíduos porta a porta na comunidade Dandara, localizada na região da Pampulha. O serviço, iniciado no último dia 12, é realizado três vezes por semana: às terças, quintas-feiras e aos sábados, nas ruas Geraldo Orozimbo, Camilo Torres, dos Quilombos, Jardins, na avenida Dandara e em parte das ruas Zilda Arns e Fábio Alves.

As ruas inseridas no roteiro correspondem a 30% do total de vias da ocupação Dandara e são as que receberam intervenções viárias realizadas pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), estando agora estruturadas e em condições seguras para o tráfego de caminhão compactador.

Todos os cerca de 4 mil moradores do lugar serão beneficiados, pois, com o caminhão circulando agora pelas vias principais, não será necessário o deslocamento até os pontos de armazenamento do lixo. Assim, aqueles que residem onde o veículo ainda não pode passar poderão dispor seus resíduos para a coleta nas esquinas com a avenida Dandara e as ruas Geraldo Orozimbo, Camilo Torres e dos Quilombos.

A Ocupação Dandara é mais uma comunidade a receber a coleta regular de resíduos domiciliares. Desde 2018, a Prefeitura já ampliou os serviços de limpeza urbana em mais de 40 vilas e favelas da cidade.

A diretora Operacional da SLU, Andréa Fróes, lembra que a universalização da coleta domiciliar porta a porta é um dos princípios da Política Nacional de Resíduos Sólidos e diretriz do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Belo Horizonte. Para ela, assegurar a coleta domiciliar ao cidadão é promover saúde.

“Sempre que conseguimos realizar obras de urbanização na cidade e viabilizar a implantação de serviços de limpeza urbana, melhoramos diretamente a qualidade de vida das pessoas”, finaliza.