Pular para o conteúdo principal

Começa neste sábado a disputa dos módulos masculinos Sub-13 e Sub-15 da Copa Centenário
Foto: Ricardo Monteiro

Começa a disputa dos módulos masculinos Sub-13 e Sub-15 da Copa Centenário

criado em 11/03/2022 - atualizado em 11/03/2022 | 18:20

A Copa Centenário de Futebol Amador Wadson Lima 2022 tem sequência neste sábado, dia 12, com a rodada de abertura dos módulos masculinos Sub-13 e Sub-15. Já no domingo, dia 13, haverá a segunda rodada do Feminino Sub-20. 

Realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, a competição conta neste ano com o patrocínio do Ministério da Cidadania / Secretaria Especial do Esporte. 

A rodada de abertura do Masculino Sub-13 tem cinco partidas neste sábado. No campo da Barragem Santa Lúcia, regional Centro-Sul, enfrentam-se Itamarense A e Estrela Azul, às 9h, e Itamarense B e Santa Maria, às 10h30.

Comunidade x Tupinense é o jogo das 9h no campo do Paulo VI, regional Nordeste. No mesmo horário, Santa Rita e GDI se enfrentam no campo do Vale do Jatobá, no Barreiro. Às 10h, tem Campinense x Santa Lúcia no campo do Remo, no Califórmia, regional Noroeste. 

Os 11 times da categoria Masculina Sub-13 estão divididos em três chaves (A, B e C). Na primeira fase da competição, as equipes das chaves jogam entre si. Clique aqui para acessar a tabela e os grupos. Os três primeiros dos grupos A e B, e os dois primeiros do grupo C, classificam-se para a fase “mata-mata”, das quartas de final até a decisão.

Já a primeira rodada do Masculino Sub-15 tem quatro jogos neste sábado. Às 9h, no campo da Barragem Santa Lúcia, Águia de Aço e Itamarense A se enfrentam. Às 10h, dois confrontos: Estrela Azul x Campinense, no campo do Estrela Azul, na Pampulha, e GDI x Leblon, no campo do Bola de Ouro, regional Centro-Sul. Por fim, às 10h30, o Tupinense recebe o Colo-Colo, no bairro Tupi, regional Norte.  

Os 12 clubes da categoria Masculina Sub-15 estão divididos em quatro chaves (A, B, C e D). Na primeira fase da competição, as equipes das chaves jogam entre si. Clique aqui para acessar a tabela e os grupos. Os dois primeiros de cada grupo se classificam para a fase “mata-mata”, das quartas de final até a decisão. 

Feminino Sub-20

A segunda rodada tem quatro confrontos. Pela chave A, na Arena Morro das Pedras, Marquense x Prointer, às 14h, e Siderúrgica x Sete de Setembro, às 16h. Já pela chave B, na Arena Santa Cruz, Grêmio Justinópolis x Dínamo Laguna, às 14h, e Projeto Futebol é Vida B x Projeto Futebol é Vida A, às 16h. 

Na primeira fase da competição, as equipes da chave A jogam entre si, assim como as da B. Os dois primeiros de cada grupo se classificam para a fase semifinal, que será disputada em confronto único classificatório para a final. Clique aqui para ver as chaves e confrontos. 

Várzea Viva 

Quatro dos cinco campos nos quais os jogos do Feminino Sub-20 são realizados integram o projeto Várzea Viva, desenvolvido pela Prefeitura por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, com o objetivo de requalificação dos espaços esportivos sem utilização de recursos do tesouro municipal, em função da parceria com a iniciativa privada. 

As arenas Santa Cruz, Morro das Pedras, Inconfidência e Reunidos são os campos modernizados com a instalação de grama sintética e iluminação de LED, além de reforma e melhorias em vestiários, alambrados e arquibancadas. O outro local de jogos da categoria será o campo do Comercial Barreiro. 

Crescimento 

A categoria Feminino Sub-20 e a Masculina Sub-15 são duas das novidades da Copa Centenário 2022. A outra é a divisão da categoria Master em duas (40 e 50 anos).  A Copa Centenário 2022, portanto, tem 11 módulos, três a mais que a de 2019. São eles o Feminino (Sub-17, Sub-20 e Adulto); Masculino (Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Master 40 e 50 anos); e Masculino Amador (A, B e C). 

A Copa Centenário foi retomada em 2022 após dois anos de paralisação devido às medidas de combate à pandemia de Covid-19. Trata-se de um dos principais torneios amadores do Brasil, com o objetivo de fortalecer as associações esportivas amadoras na cidade, reafirmando o papel delas no processo de inclusão social de seus praticantes, além de ofertar momentos de lazer às comunidades e melhoria na qualidade de vida da população. 

A competição mobilizou em 2019 mais de 5,4 mil participantes diretos, entre atletas e integrantes de comissão técnica, de quase 220 clubes. Os campeões da última edição da Copa Centenário foram: Itamarense (Infantil); São Bernardo (Juvenil); Tupinambás (Feminino Sub-17); Manchester (Feminino Adulto); Cachoeirinha (Master); Villa Real (Adulto Masculino C); Américo (Adulto Masculino B); e Radiante (Adulto Masculino A).