Pular para o conteúdo principal

Grafiteiras em frente ao mural "Nós podemos tudo"
Foto: Rodrigo Clemente

Circuito Municipal de Cultura traz programação especial na Semana da Mulher

criado em 08/03/2021 - atualizado em 09/03/2021 | 16:14

A Semana da Mulher no Circuito Municipal de Cultura traz atrações on-line e gratuitas que evidenciam a potência feminina em diferentes linguagens artísticas, tais como o grafitti, o audiovisual, a música, o cinema e a literatura. Neste Dia Internacional da Mulher, dia 8, a programação traz o lançamento virtual do mural "Nós Podemos Tudo!", do coletivo de grafiteiras Minas de Minas Crew. Parceria entre o Circuito e o Movimento Gentileza, a ação homenageia a atriz mineira Teuda Bara, do Grupo Galpão, com uma pintura na área externa do Centro de Referência da Juventude (CRJ). 

 

Já no dia 12, fechando as atividades, a cantora mineira Jéssica Gaspar faz uma live, que será transmitida pelo YouTube da Fundação Municipal de Cultura e pelo Facebook do Circuito. O Circuito Municipal de Cultura é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC) e pela Fundação Municipal de Cultura (FMC), em parceria com o Centro de Intercâmbio e Referência Cultural (CIRC).

 

O projeto “Janelas Urbanas” propôs a recriação do mural produzido em homenagem a Teuda Bara, em 2017, pelo coletivo Minas de Minas Crew, na Rua Guaicurus, no Centro de Belo Horizonte, e apagado dois anos depois por decisão do proprietário do local. Como forma de acolher afetivamente o trabalho das grafiteiras e homenagear Teuda, uma nova pintura foi realizada na área externa do CRJ, na Zona Cultural Praça da Estação. 

 

A ação foi realizada com o apoio do Movimento Gentileza, idealizado e coordenado pela primeira-dama do município e voluntária social, Ana Laender, que promove iniciativas com o objetivo de tornar Belo Horizonte uma cidade mais humana e acolhedora para todos. Um vídeo será publicado às 19h, no YouTube da Fundação Municipal de Cultura e no Facebook do Circuito, mostrando uma entrevista com a atriz, imagens do mural finalizado e da pintura sendo realizada pelo coletivo, que é formado pelas grafiteiras mineiras Krol, Nica, Viber e Musa. 

 

O lançamento do mural inclui projeção de fotos da obra e de seu processo de criação nesta segunda-feira, dia 8, entre 19h e 22h, nas fachadas da sede da Prefeitura de Belo Horizonte e do Museu da Moda (Mumo), ocupando de forma artística e simbólica o Centro da cidade e celebrando a produção cultural feminina. As projeções serão realizadas pelo artista VJ Bah.

 

Na terça-feira, dia 9, é a vez do “Bate-Papo delas: Mulheres no Graffiti”, uma conversa sobre empoderamento feminino, ocupação do espaço público e a inserção da mulher nas várias vertentes da arte. Trata-se de uma conversa, gravada em vídeo, com duas artistas de Belo Horizonte: a grafiteira Carolina Jaued, a Krol, co-fundadora do coletivo Minas de Minas Crew, e a artista plástica, grafiteira e ilustradora Prisca Paes. O bate-papo será exibido às 19h, no YouTube da Fundação Municipal de Cultura. Com exceção do lançamento do mural “Nós Podemos Tudo!”, todas as atrações contarão com a apresentação de Giovanna Heliodoro, historiadora, comunicadora e afrotransfeminista, uma das autoras do livro "Raízes - Resistência Histórica".

 

Já na quarta, dia 10, às 19h, é a vez do Circuito Cine Clube exibir o filme “Obreiras” (2019), dirigido por Ana França, Gabriela Albuquerque e Isadora Fachardo. O curta retrata o cotidiano de quatro mulheres pedreiras de Belo Horizonte e Região Metropolitana. Poliana, Cenir, Adriana e Rosângela exercem o trabalho de base da construção civil, conciliando-o com a vida familiar, a maternidade, os estudos e os sonhos. Elas constroem, além de prédios e casas, novas formas de serem mulheres. O filme fica disponível para exibição até 30 de abril, no YouTube da Fundação Municipal de Cultura. 

 

Trazendo a literatura para a programação, a escritora, poeta e slammer paulistana Mel Duarte lança virtualmente seu mais recente livro, “Colmeia - Poemas Reunidos” (2021, Ed. Philos). O lançamento virtual contará com um bate-papo, gravado em vídeo e exibido no YouTube da Fundação Municipal de Cultura, entre a artista e a escritora, poeta e jornalista Elizandra Souza, que integra o Sarau das Pretas e assina o prefácio do livro de Mel. Formada em Comunicação, Mel Duarte também possui dois livros infantis publicados e um disco de poesia falada, “Mormaço - Entre outras formas de calor” (2019). É uma das organizadoras da edição paulista do Slam das Minas, voltado para o gênero feminino, e durante seis anos integrou o coletivo “Poetas Ambulantes”, que distribui e declama poesias dentro dos transportes públicos. 

 

Para Fabíola Moulin, secretária Municipal de Cultura e presidenta interina da Fundação Municipal de Cultura, a programação da Semana da Mulher evidencia a multifacetada produção artística feita por mulheres na nossa cidade. “Belo Horizonte possui uma produção artística feminina potente e que, ano após ano, alcança novos espaços e se destaca nos mais variados tipos de linguagens culturais. A programação da Semana da Mulher evidencia essa característica, com uma série de atrações para serem aproveitadas por todas e todos”, afirma.

 

Nas redes

YouTube da Fundação Municipal de Cultura
Facebook do Circuito Municipal de Cultura
Instagram do Circuito Municipal de Cultura
Site do Circuito Municipal de Cultura