Pular para o conteúdo principal

Foto do cantor Jorge Ben Jor
Foto: Jorge Ben Jor/Divulgação

Circuito Municipal de Cultura traz Jorge Ben Jor para a festa dos 122 anos de BH

10/12/2019 | 18:09 | atualizado em 10/12/2019 | 18:48

Belo Horizonte irá comemorar seu 122º aniversário com grande show do cantor Jorge Ben Jor na Praça da Estação. O evento, que acontecerá na quinta-feira, dia 12, faz parte das ações de lançamento do Circuito Municipal de Cultura – projeto realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, em parceria com o Centro de Intercâmbio e Referência Cultural. A programação é gratuita e começará às 20h.

A noite será aberta com mais um trabalho do VJ Suave, o vídeo mapping "Roda de Força”, uma homenagem ao Mestre Moa do Katendê com projeções de grandes dimensões na fachada do Museu de Artes e Ofícios e com o som da DJ Black Josie. Na sequência, Jorge Ben Jor comandará a festa acompanhado da Banda Zé Pretinho. No set list, grandes sucessos da sua carreira, como “Mas que Nada”, “País Tropical”, “Chove chuva” e “O Telefone Tocou Novamente”, além de surpresas que o músico sempre reserva para o público.

A secretária Municipal de Cultura e presidenta interina da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin, destaca a importância do Circuito Municipal de Cultura como projeto estratégico da Prefeitura de Belo Horizonte: “O Circuito vem para trazer mais visibilidade à potência cultural e artística de Belo Horizonte ao longo de 2020, considerando a produção já existente nos diferentes territórios e proporcionando novas experiências para a população e seus visitantes”.


Sobre o projeto


O Circuito Municipal de Cultura tem como objetivo potencializar a programação cultural e artística de Belo Horizonte, por meio da valorização da produção local e de atrações relevantes do cenário cultural brasileiro, de forma descentralizada para atender a todas as regiões da cidade.

Em 2020, mais de 150 atrações artísticas e ações formativas nos setores do teatro, circo, dança, música, literatura, artes visuais, audiovisual e culturas populares vão ocupar os equipamentos culturais da Fundação Municipal de Cultura, tais como centros culturais, teatros, museus, Mis Cine Santa Tereza, Escola Livre de Artes, além de parques e praças da cidade. Ao longo do ano, haverá uma programação cultural e artística gratuita para todo lado, para todo mundo.


Programação


- VJ Suave

Formado pelo duo de artistas audiovisuais Ceci Soloaga e Ygor Marotta (São Paulo), trabalha com animação quadro a quadro, projetada na superfície urbana, misturando tecnologia com street art.  Com suas obras, propõe um momento único de conexão entre o espectador e a cidade, misturando história animada com vida real.  “Roda de Força” foi inspirado pela Capoeira e pelo movimento do Afoxé. A música deste projeto foi composta em conjunto com Psilosamples e Criolo.


- DJ Black Josie

Com referências diversificadas, Josie iniciou sua trajetória em 2004, a partir de pesquisa sobre a Música Preta Brasileira e de estudos sobre música antiga. Em Belo Horizonte, além de atuar como solista e coralista, agita as pistas de eventos com grande repercussão para a cidade. Faz parte da equipe de professores do projeto Oficina Feminina de Rap, que realiza oficinas gratuitas em Centros Culturais da cidade.


- Jorge Ben Jor

Um dos mais conceituados artistas brasileiros, representa a modernidade com tradição. Com um ritmo marcante e inconfundível, seu estilo foge aos rótulos: é samba com maracatu, bossa com rock, baião com funk. Acompanha o cantor, a Banda Zé Pretinho com Lucas Real Fernandes (bateria), Neném da Cuíca (percussão), Marlon Sette (trombone), Jean Arnout (sax), Danilo Oliveira (teclado) e Guto (baixo).


Serviço


Data: 12/12 – Quinta-feira

Horário: das 20h às 22h30

Local: Praça da Estação