Pular para o conteúdo principal

Fachada do Centro Cultural Nordeste durante o dia.
Foto: Divulgação PBH

Centros Culturais recebem espetáculos e oficina de dança contemporânea

13/05/2019 | 19:57 | atualizado em 14/05/2019 | 09:23

A Fundação Municipal de Cultura recebe, de 15 de maio a 29 de setembro, nos centros culturais Alto Vera Cruz (15 a 18/5), Nordeste - Usina de Cultura (14/6 e 17/8), Vila Marçola (21 a 23/8) e Bairro das Indústrias (20 e 21/9), apresentações e oficina de dança do projeto “Circulação Olhos Meus”, da Cia. Ananda. O projeto tem como objetivo proporcionar ao público uma nova forma de vivenciar dança, com os olhos vendados. A atividade tem entrada gratuita e está sujeita à lotação dos espaços. As inscrições podem ser feitas presencialmente, por e-mail ou por telefone diretamente nos centros culturais.

 

Dirigida pela artista e professora Anamaria Fernandes, a Cia. de Dança Ananda circula com o espetáculo adulto “Olhos Meus”, o infantil “Lágrimas da Floresta” e a oficina “Olhando sem Olhos” por centros culturais de Belo Horizonte, proporcionando experiências de dança que não se baseiam no sentido da visão. A partir da pergunta “o que resta do movimento dançante se retirarmos a sua visibilidade?”, a proposta é apresentar uma arte não para ser vista, mas sim sentida e, portanto, produzir sentidos sem o uso dos olhos, com as pessoas vendadas. O projeto teve início no mês de abril, no Centro Cultural Salgado Filho, e segue até o mês de setembro nos outros centros.

 

A peça “Olhos Meus” é uma obra coreográfica que busca proporcionar novas vivências sensoriais e estéticas não somente para o público, mas também para os dançarinos.  São 18 pessoas por sessão e cada uma é acompanhada por um dançarino.

 

“Lágrimas da Floresta”, pensado para o público infantil, é inspirado em contos indígenas e trata da questão da importância da proteção da natureza de maneira poética e sensível. É também uma obra coreográfica, teatral e musical na qual os espectadores não fazem uso de seus olhos. Vendado, o público é convidado a participar de uma missão importante: salvar uma floresta protegida por um pássaro guardião que, ao ver as atrocidades feitas à sua mata, subiu as árvores e secou os rios. São 40 pessoas por sessão, sendo um dançarino para cada duas pessoas.

 

Já a oficina “Olhando sem Olhos” tem duração de três horas e trata do compartilhamento do processo investigativo da criação dos espetáculos. Será ministrada pelos dançarinos da Cia Ananda e as inscrições são por ordem de chegada. O projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

 

 

Cia. Ananda

É uma companhia de dança contemporânea, franco-brasileira, fundada em 2017 pela dançarina e coreógrafa Anamaria Fernandes e mais 20 artistas. Dá atenção especial aos públicos que enfrentam dificuldades de acesso a direitos sociais e culturais fundamentais. Através de seu trabalho de criação e oficinas, a companhia fundou sua pesquisa e ações em torno da noção do encontro, da diferença, do compartilhamento e da acessibilidade.

 

 

PROGRAMAÇÃO

Centro Cultural Alto Vera Cruz – Maio

Rua Padre Júlio Maria, 1577, Alto Vera Cruz – (31) 3277-5612 – ccavc.fmc@pbh.gov.br

 

• Dia 15/05, quarta, às 20h

Oficina: “Olhando sem Olhos” – Vagas: 20 (inscrições por ordem de chegada)

Público: a partir dos 18 anos

 

• Dia 17/05, sexta, às 9h30

Espetáculo: “Lágrimas da Floresta” – Lotação: 40 pessoas

Classificação: 7 anos

 

• Dia 18/05, sábado, às 15h e às 17h

Espetáculo: “Olhos Meus” – Lotação: 18 pessoas

Classificação: 16 anos

 

 

Centro Cultural Nordeste – Usina de Cultura – Junho e Agosto

Rua Dom Cabral, 765 – Ipiranga – (31) 3277-0334 – ccuc.fmc@pbh.gov.br

 

• Dia 14/06, sexta

Às 15h

Espetáculo: “Lágrimas da Floresta” – Lotação: 40 pessoas

Classificação: 7 anos

 

Às 18h

Oficina: “Olhando sem olhos” – Vagas: 20 (inscrições por ordem de chegada)

Público: a partir dos 18 anos

 

• Dia 17/08, sábado, às 19h e às 21h

Espetáculo: “Olhos Meus” – Lotação: 18 pessoas - Classificação: 16 anos

 

 

Centro Cultural Vila Marçola – Agosto

Rua Mangabeira da Serra, 320, Aglomerado da Serra – (31) 3277-5250 – ccvm.fmc@pbh.gov.br

 

Dia 21/08, quarta, às 10h

Espetáculo: “Lágrimas da Floresta” – Lotação: 40 pessoas

Classificação: 7 anos

 

Dia 22/08, quinta, às 16h e às 19h

Espetáculo: “Olhos Meus” – Lotação: 18 pessoas

Classificação: 16 anos

 

Dia 23/08, sexta, às 15h

Oficina: “Olhando sem olhos” – Vagas: 20 (inscrições por ordem de chegada)

Público: a partir dos 18 anos

 

 

Centro Cultural Bairro das Indústrias – Setembro

Rua dos Industriários, 289, Bairro das Indústrias – (31) 3277-0339 – ccbdi.fmc@pbh.gov.br

 

Dia 20/09, sexta, às 15h30

Espetáculo: “Lágrimas da Floresta” – Lotação: 40 pessoas

Classificação: 7 anos

 

Dia 20/09, sexta, às 18h

Oficina: “Olhando sem olhos” – Vagas: 20 (inscrições por ordem de chegada)

Público: a partir dos 18 anos

 

Dia 21/09, sábado, às 17h e às 19h30

Espetáculo: “Olhos Meus” – Lotação: 18 pessoas

Classificação: 16 anos

 

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Foto aérea do Bairro Sion na década de 1990, com prédios e área verde em elevações. Exposição virtual retrata a cartografia da regional Centro-Sul de Belo Horizonte

Abertura da mostra, que visa divulgar o acervo do Arquivo Público da Cidade de BH, acontece às 9h, na Secretaria Municipal de Educação. 

20/05/2019 | 20:59
IX Conferência Municipal de Educação de Belo Horizonte. Avaliação dos PMEs Qualidade Social da Educação e Garantia de Direitos. Dias 11, 12 e 13 e julho de 2019. Estão abertas as inscrições para IX Conferência Municipal de Educação

A PBH publicou no DOM do dia 17/5, o decreto nº 17.107, com a data de realização da IX Conferência Municipal de Educação.

17/05/2019 | 21:34