Pular para o conteúdo principal

Mlher segura recém-nascido no colo em cadeira de centro de saúde.
Foto: Melissa Reis

Centro de saúde sensibiliza mães para doação de leite humano

09/03/2018 | 15:15 | atualizado em 13/03/2018 | 10:10
Implantada em fevereiro de 2017, a unidade coletora de leite humano do Centro de Saúde Vila Maria, região Nordeste de Belo Horizonte, só tem o que comemorar. Em um ano, o equipamento contabilizou 58 litros de leite humano doados, cerca de 21% do total arrecadado o ano passado em toda a cidade - 280 litros.


A sensibilização das mães é fruto de um trabalho intenso que começa desde o pré-natal até o pós-parto. Na unidade, as gestantes recebem todos os cuidados básicos de saúde e as informações necessárias sobre a importância do aleitamento materno e da doação. 


O aleitamento materno traz inúmeros benefícios para a mãe e o filho, pois, além de reforçar o vínculo entre eles, gera saúde para o bebê. Para ser doadora, a mãe precisa passar por uma avaliação médica e realizar alguns exames de sangue. Uma vez apta, ela recebe o material necessário e todas as instruções para a extração e o armazenamento do leite em sua residência. O recolhimento do leite doado é feito pelas Equipes de Saúde da Família, uma vez por semana.


Alexandre Magno é enfermeiro no Centro de Saúde Vila Maria e referência técnica no trabalho desenvolvido com as mães nessa unidade. “Sinto-me realizado nessa importante tarefa de sensibilizar as mães e salvar vidas. Não tenho palavras para definir a minha satisfação ao ver as mães amamentando os seus filhos e ainda ajudando a alimentar outros bebês que, por algum motivo, não podem receber o leite das suas próprias mães”, afirma Alexandre.


Relpiane Andreza, mãe de um bebê de 16 dias, é uma das doadoras de leite na unidade coletora do Centro de Saúde Vila Maria. Ela está doando o leite materno pela primeira vez e disse sentir-se muito feliz com a nova experiência. “Eu tive muito leite quando amamentei o meu primeiro filho, há 9 anos. Mas, somente agora, na minha segunda gestação, que me conscientizei sobre a importância de doar o leite materno. A partir das orientações recebidas aqui no Vila Maria, percebi o quanto é gratificante participar de um projeto que pode salvar a vida de muitas crianças”, disse Relpiane.
  


Projeto Mama Bebê

A coleta de leite humano acontece também na Unidade de Referência Secundária (URS) Saudade, desde 2004, por meio do projeto Mama Bebê, desenvolvido também pela Prefeitura de Belo Horizonte. A URS Saudade foi a primeira no Brasil a implantar um posto de coleta de leite humano, na atenção secundária. 


Em Belo Horizonte, 16 centros de saúde realizam a coleta de leite humano. Na região Nordeste, além do Centro de Saúde Vila Maria, há unidades coletoras do leite materno nos centros de saúde Olavo Albino Correia e Cachoeirinha. 


Todo o leite arrecadado nas unidades coletoras é encaminhado para a URS Saudade, onde é analisado, pasteurizado e submetido ao controle de qualidade. Posteriormente, esse alimento é repassado à Maternidade Odete Valadares, hospital referência em banco de leite no estado de Minas Gerais, onde é destinado a bebês prematuros ou que estejam internados em Centros de Tratamento Intensivo Neonatal. 

 

09/03/2018. Centro de Saúde Vila Maria. Fotos: PBH/Divulgação