Pular para o conteúdo principal

Vista da cidade de Belo Horizonte com céu azul e nuvens durante o dia.
Foto: João Paulo Vale

BH sedia programa que conecta empreendedores e poder público

02/06/2017 | 12:27 | atualizado em 19/06/2017 | 14:13

Na próxima terça-feira, dia 6, às 18 horas, acontecerá o lançamento da 2ª edição do BrazilLAB, um programa de inovação que acelera ideias e conecta empreendedores com o poder público. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Belo Horizonte e será no Centro de Referência da Juventude (Rua Guaicurus, 112, Centro). As inscrições estão abertas e podem ser feitas até a segunda-feira, dia 5.

 

O programa é aberto para empreendedores que ofereçam soluções aos desafios mais complexos da sociedade brasileira. O evento contará com a participação do presidente da Prodabel, Leandro Garcia, do secretário municipal de Desenvolvimento, Daniel Nepomuceno, da diretora da Endeavor Brasil, Marcela Zonis, e do fundador AppProva e empreendedor do BrazilLAB, João Gallo, com mediação de Emília Paiva, coordenadora do BraziLAB. No painel de discussão, eles abordarão o tema “Empreendedorismo e Governo: como essa parceria pode transformar o nosso país?”. 

 

Desafios

Neste ano, empreendedores devem apresentar soluções para três áreas diferentes: agricultura urbanaequilíbrio fiscal e comunicação.

Equilíbrio fiscal: o Brasil vem enfrentando um período de recessão. Os impactos espalharam-se pelo país, e os municípios foram pegos em cheio. O desafio proposto é o de promover soluções que auxiliem na redução de despesas dos municípios e incentivem o papel fiscalizador do cidadão sobre as contas das prefeituras.

 

Agricultura urbana: mantendo-se o ritmo de crescimento populacional, em 2050, o mundo terá 9 bilhões de pessoas - sendo que 70% viverão em centros urbanos. Será necessário produzir alimentos em locais mais próximos de onde as pessoas moram e vivem. Como a tecnologia pode fomentar esta prática? Como soluções inovadoras podem conectar agricultores urbanos e cidadãos?

 

Comunicação: No ranking de e-participation da ONU, que mede a interação entre o poder público e os cidadãos, o Brasil ocupa a 37ª posição. No desafio de comunicação, as startups devem propor soluções que orientem prefeitos e o setor público na utilização de canais digitais e mídias.

 

 O programa

O BrazilLAB selecionará 10 startups de todo o Brasil para participarem do laboratório. Serão quatro ciclos de atividades presenciais que vão de agosto a dezembro, incluindo mentoria especializada, workshops, networking, visitas em campo e participação em rodada com investidores. Ao final do programa, os três finalistas receberão o investimento de R$ 50 mil e o primeiro lugar ganhará um curso de duas semanas no Vale do Silício na Draper University. Além disso, eles terão todo o apoio na aproximação com a poder público para a implantação dos seus projetos nas prefeituras.

 

 Na última edição, foram mais de 600 projetos inscritos, dos quais 11 foram selecionados para participar de laboratório.

 

Sobre o BrazilLAB

O BrazilLAB é um programa do Centro de Liderança Pública (CLP), patrocinado pelo Bank of America Merrill Lynch, E.Bricks e Instituto Betty e Jacob Lafer. Entre os parceiros, conta com instituições como Fundação Brava, Comunitas, Endeavor, Start-Up Chile e Microsoft.

 

A inspiração para o programa de aceleração do BrazilLAB veio de iniciativas internacionais, como o Solve/MIT e o Mayors Challenge/Bloomberg Philanthropies. Esses programas estimulam a inovação, o intercâmbio e o diálogo entre acadêmicos, setor privado, empresários e setor público, visando à promoção de um espaço eficiente que permita o envolvimento da sociedade na busca de soluções. 

 

O objetivo é estimular no Brasil uma cultura voltada para inovação na área pública. A iniciativa dá apoio a empreendedores engajados em soluções para os desafios mais complexos vividos pela sociedade atualmente.

 

Últimas Notícias

Fachada do Museu da Moda, durante o dia. Museu da Moda recebe exposição Torsos e Outros de 21/8 a 27/9

A mostra de arte visual apresenta peças elaboradas pela artista Zélia Mendonça com fuxicos, contas, restos de souvenires e sucatas.

19/08/2019 | 19:53
Mais de cinquenta pessoas, sentadas em círculo, conversam, durante o dia. Venda Nova, Barreiro e Pampulha realizam pré-conferências de Assistência Social
As discussões e estarão ancoradas pela temática “Assistência Social: Direito do Povo com Financiamento Público e Participação Social".
19/08/2019 | 19:46